fbpx
16.5 C
Conselheiro Lafaiete
sexta-feira, 22 janeiro 2021
Início Polícia Vereador defende redução de salários; "aqui não tem ninguém vagabundando", contra ataca...

Vereador defende redução de salários; “aqui não tem ninguém vagabundando”, contra ataca Pé Quente

Na 3ª sessão inaugural da 31ª Legislatura (2021/2024) o clima esquentou na Câmara na sessão desta terça-feira (12). Isso porque Giuseppe Laporte (MDB) apresentou o Projeto de Resolução que propõe a redução e 50% dos subsídios dos vereadores e 30% dos gastos com gabinete enquanto estiver em vigor os efeitos da calamidade pública relativa a pandemia da Covid-19.

Giuseppe Laporte (MDB) que defende a redução dos salários até o final da pandemia/CORREIO DE MINAS

Ao usar a Tribuna, Giuseppe justificou que os recursos economizados, algo em torno de R$61 mil/mês, seriam destinados às ações de enfrentamento da doença. Ele informou que cidades como Itu (SP), Nova Lima (MG), já adotaram medidas semelhantes. “São recursos que poderiam serem utilizados na compra de insumos para a vacinação. É um sacrifício pequeno que a Câmara faria que podem salvar vidas neste momento que estamos passando e atender os anseios da nossa população. Esperamos que Casa, através da Comissão de Legislação e Justiça, aprove este projeto”, analisou.

Contra-ataque

O Presidente da Câmara, o Vereador João Paulo Pé Quente (DEM), sem citar o projeto de seu colega, fez um discurso inflamado em defesa da Câmara, analisando como um das enxutas e exemplo de gastos públicos em Minas.

Ele citou que a Revista do Tribunal de Contas de Minas Gerais (TCMG) mostrou que a Câmara tem um custo de R$47,02 por habitante/ano, um dos menores do Estado. “Com uma população semelhante, Barbacena gasta R$536,54 por habitante. Somente neste ano devolvemos quase R$ 1 milhão ao Executivo. Esta Casa gasta em torno de 2% do limite de 6% com pessoal, incluídos os salários dos vereadores”, assinalou.

“A Câmara de Lafaiete é modelo nos gastos públicos “, assinalou o Vereador João Paulo Pé Quente/CORREIO DE MINAS

“Chego aqui 8 horas e já vejo todos os gabinetes funcionando e todos trabalhando. Ninguém aqui está vagabundando e todo trabalhador merece seu salário. Desafio aqui em alguém que ponte qual o órgão público que melhor serviço a população em Lafaiete. Todos nós 13 vereadores estamos aqui dando o melhor de si por Lafaiete. Nos 8 anos que estou aqui meu gabinete foi um dos que menos gastou”, finalizou.

O Projeto do Vereador Giuseppe protocolado na Câmara nesta segunda-feira segue agora para análise da Comissão de Legislação e Justiça antes de ser votado em plenário, mas já mexeu com a Casa.

Mais lidas

21 após desaparecimento, idoso é encontrado enterrado perto de sua casa

Após de 21 dias de dor, angústia e sofrimento, foi localizado nesta manhã (6), por volta das 10:30, o corpo do...

Lafaiete e região recuam a onda vermelha e somente comércios essenciais podem funcionar

O cenário de pandemia exige cautela extra durante as celebrações de Natal. É este o alerta que o Governo de Minas faz à...

Jovem é morta a pauladas e choca Capela Nova

O corpo de uma adolescente de 17 anos foi encontrado na manhã desta quarta feira, (20), próximo a comunidade do Melo, na...

Tragédia: mulher morre atropelada por ônibus empreiteira da Gerdau

Uma tragédia ocorrida na noite deste sábado (21). Eram por volta das 11:30 horas, quando uma mulher, de 37 anos, Rosemeire...