Praça do Trabalhador completa 8 meses interditada e sem previsão de reforma

53
Monumento tem risco de queda/ CORREIO DE MINAS

Quem trafega ou mesmo caminha pela entrada de Lafaiete não percebe que o monumento da Praça do Trabalhador, situada no bairro Areal, está interditado desde 12 de julho. Apesar da sugestão de cercamento com tapumes para a segurança das pessoas, o monumento segue sem qualquer sinalização.

Erguido em 1986, a vistoria da defensa civil constatou que o monumento construído em concreto armado está com ferragens expostas e sob acentuado processo de corrosão, com eminente risco de queda. A laje circular apresenta deterioração estrutural.

Segundo informações ainda não há previsão de reforma.