fbpx
16.7 C
Conselheiro Lafaiete
quarta-feira, 25 novembro 2020
Início Comunidade Novo anexo do Hospital Bom Jesus é inaugurado em Congonhas; secretário de...

Novo anexo do Hospital Bom Jesus é inaugurado em Congonhas; secretário de estado diz que instituição é bom exemplo

O Hospital Bom Jesus vem se consolidando como um dos melhores da região, graças aos investimentos realizados pela Prefeitura de Congonhas. Prova disso é o anexo Dr. José Silvério Souza Costa, inaugurado na tarde desta quinta-feira, 29, que conta com Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Centro de Imagens e Bloco Cirúrgico. Dando mais um passo para garantir melhor atendimento à população, também foi assinado o termo de início das obras da maternidade.

Entre as autoridades presentes estavam o prefeito José de Freitas Cordeiro (Zelinho); a deputada federal Greyce de Queiroz Elias; o secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral Pereira da Silva, e o secretário adjunto da pasta, Luiz Marcelo Cabral Tavares; o secretário municipal de Saúde, Rafael Geraldo Cordeiro; o diretor do Instituto Laborare, Thiago Lucas da Cunha; e o representante da comissão interventora, Marco Aurélio Silva.

Desde que assumiu a intervenção do Hospital Bom Jesus, há seis anos, a Prefeitura de Congonhas investiu cerca de R$ 12 milhões em melhorias para a instituição. “Vamos entregar um Hospital bem qualificado. Vamos sair da intervenção e o Hospital Bom Jesus vai poder andar com as próprias pernas e terá condição para isso. É um dos melhores hospitais de atendimento ao SUS da Macrorregião de Saúde Centro-Sul”, destacou o prefeito Zelinho, lembrando de parceiros como a Ferrous (hoje pertencente à Vale), que viabilizou o tomógrafo, e a Gerdau.

O secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo, considera o Hospital Bom Jesus um bom exemplo. “Estive aqui e conheci a obra ainda inacabada e saí com a impressão de ‘Vai dar certo!’. Eu tenho anos dentro de hospital, trabalhando com gestão, e quando vi que aqui tinha um norte, gestão, objetivo, eu não tinha dúvida de que as coisas ficariam prontas rápidas, não. E é isso que estamos vendo. Agora vemos um setor de imagem, que é importante e evita que as pessoas tenham que ficar migrando pela cidade. Um CTI que já funciona para a Covid-19. Precisamos buscar bons exemplos, bons caminhos, boas gestões, porque é isso que muda a vida das pessoas. Vocês estão de parabéns”, destacou. 

O secretário adjunto de Saúde, Luiz Marcelo Cabral Tavares, também parabenizou a cidade pela conquista: “Que Deus esteja sempre na companhia de cada um de vocês e que essa estrutura possa servir adequadamente à população de Congonhas”.

“É um momento ímpar para a cidade de Congonhas. Era um anseio da população que tivéssemos um CTI [Centro de Terapia Intensiva], e vemos que foi feito muito mais em todo esse complexo onde teremos nossos diagnósticos mais bem feitos, dando mais condições técnicas para que nossos médicos tratem melhor nossos pacientes”, ressaltou o secretário municipal de Saúde, Rafael Geraldo Cordeiro. 

Segundo o membro da comissão interventora, Marco Aurélio Silva “Essa obra vai dignificar Congonhas. Vai ser um marco na nossa história”. O diretor do Instituto Laborare, empresa que administra o Hospital Bom Jesus, Thiago Lucas da Cunha, também reforçou a importância do empreendimento: “A população tem muito motivo para se orgulhar desse feito histórico, que marca uma importante consolidação do Hospital Bom Jesus como referência de atendimento humanizado, qualificado, com foco nas pessoas de toda a região de saúde de Congonhas e da Macrorregião”. 

Por meio de Emenda Parlamentar, a deputada federal Greyce de Queiroz Elias viabilizou R$ 500 mil ao Hospital Bom Jesus. Segundo ela, “Este é só início de muito que ainda poderemos fazer. Com certeza essa obra é um exemplo de um trabalho feito a quatro mãos, que eu acredito. Acredito que cada um de nós podemos fazer um pouquinho, desde os agentes políticos aos servidores e colaboradores, diretores. Esse momento aqui hoje me honra, me alegra poder compartilhar isso com vocês”.

Médicos ilustres de Congonhas foram homenageados

Grandes médicos fizeram parte da história do Hospital Bom Jesus, contribuindo para o seu crescimento e atuando junto a gerações de moradores congonhenses. Entre eles está o Dr. José Silvério de Souza Costa — que dá nome ao novo anexo. Ao seu lado, outras três figuras também foram homenageadas pela instituição, dando nome às alas disponíveis nos quatro andares do prédio: Dr. Syllas de Andrade, Dr. Wagner Ferreira de Souza e Dr. José Freire dos Reis.

“O Hospital Bom Jesus foi minha casa de trabalho por 43 anos”, contou Dr. José Freire dos Reis, relembrando os tempos que atuou no Hospital Bom Jesus ao lado de seus colegas. “A grande ajuda para o Hospital vem agora. Essa obra é um grande benefício para a cidade de Congonhas, que vem reclamando isso há muito tempo, mas que, pelas condições precárias, a gente não pode concluir. Que os Congonhenses se sintam muito felizes”, finalizou.

Filha do Dr. José Silvério de Souza Costa, Isabela Figueiredo Souza Costa teve certeza de que o pai estaria vibrando caso estivesse presente: “Ele tinha o sonho de ver o Hospital crescer e ficamos emocionados de ver esse crescimento, essa realização para o povo de Congonhas. É uma homenagem linda. Agradeço pelo carinho de todo mundo”.

“Daqui a pouquinho, quando nenhum de nós estivermos aqui, alguém que estiver aqui no Hospital vai dar uma olhadinha no nome e perguntar: ‘Quem foi Dr. Silvério, Dr. Syllas, Dr. Wagner, Dr. Freire?’. Essa homenagem que vocês gentilmente fazem, confere um pouquinho de imortalidade aos nossos queridos homenageados”, disse, emocionada, a filha de Dr. Syllas de Andrade, Thaís Cunha de Andrade.

Presente na solenidade, Dr. Wagner Ferreira de Souza lembrou dos colegas: “Agradeço todos que trabalharam aqui, ao Dr. Silvério, Dr. Freire, Dr. Syllas, meus companheiros”. 

Infraestrutura

O primeiro andar do anexo Dr. José Sivério de Souza Costa é técnico-assistencial, onde fica a Central de Gases e outras instalações. No segundo, está o Centro de Imagens Dr. Syllas de Andrade, com tomógrafo de última geração; mamografia; ultrassonografia; endoscopia e consultórios.

O Centro Cirúrgico Dr. Wagner Ferreira de Souza fica no terceiro andar, sendo composto por quatro salas cirúrgicas amplas e confortáveis; mesas cirúrgicas elétrica; arco cirúrgico; e torre de Laparoscopia (torre de vídeo) para diversas cirurgias.

Já no quarto andar está a UTI Dr. José Freire dos Reis, com dez leitos; ultrassom de última geração; máquina de hemodiálise; respiradores e monitores; e régua de gases. Atualmente, o espaço é destinado exclusivamente ao atendimento de pacientes da Covid-19.

Mais lidas

Tragédia: mulher morre atropelada por ônibus empreiteira da Gerdau

Uma tragédia ocorrida na noite deste sábado (21). Eram por volta das 11:30 horas, quando uma mulher, de 37 anos, Rosemeire...

Tragédia: jovem é encontrado morto com corpo em decomposição

Noite de sexta-feira (20), por volta de 20:00 horas, as equipes de bombeiros de São João del-rei foram acionadas a comparecer...

Lafaiete registra grave acidente entre carreta e locomotiva

Uma carreta e locomotiva da MRS se envolveram em um acidente agora há pouco em Gagé travando o trânsito na localidade.Ainda não...

Defesa Civil faz comunicado.

A Defesa Civil de Conselheiro Lafaiete informa que em conjunto com a SecretariaMunicipal de Obras, fará intervenção estrutural em uma ponte situada...