Jeceaba em alerta: por prevenção, famílias deixam suas casas com a possibilidade de enchentes no rio Camapuã

213
Rio Camapuã subiu mais de 4 metros e famílias foram orientadas a deiXaram suas casas por prevenção/CORREIO DE MIAS

As fortes e intensas chuvas que caem na região já provocam estragos, interditam casas e deixam desabrigados. Em Jeceaba, o Rio Camapuã subiu  mais de 4 metros, mas não trannsbordou, mas foi o suficiente para a cidade entrar em alerta, já diante de  outras enchentes registradas na cidade, como em 2008

Por prevenção, a Defesa Civil vem orientando algumas famílias na área central e Bairro Camapuã, situadas próximas às margens do rio, a deixaram suas residências antecipando a possibilidade de enchentes.  Ainda não há informações de quantos moradores saíram de suas residências ou mesmo saíram voluntariamente.

A prefeitura vem prestando auxílio e com ajuda de caminhões transporta os móveis e pertences e levando as famílias para abrigos como escola Municipal, centro pastoral  e o ginásio poliesportivo. Algumas famílias estão indo para casas de parentes. Segundo dados do mapa meteorológico choveu em Jeceaba quase 120mm.

Congonhas

Em Congonhas, a situação também não é tão diferente da vizinha Jeceaba. A Defesa Civil está orientado as família em áreas de riscos a deixaram suas casas nos bairros São Vicente, Residencial e Vila Marques, totalizando cerca de 10 famílias desalojadas. Elas estão sendo levadas para escolas municipais. À tarde a prefeitura intertidou duas casas no Jardim Profetas com 2 famílias desabrigadas.

No Bairro Praia a situação é de alerta pela possibilidade de transbordamento no Rio Maranhão.