Homem é morto a facada na frente da companheira em Lafaiete

58

Um homem de 25 anos foi assassinado no centro de Conselheiro Lafaiete. Na segunda-feira (27/10), foi solicitada a presença policial no Hospital e Maternidade São José, onde dera entrada uma vítima de homicídio. A companheira do rapaz presenciou sua morte. Ela contou que o casal passava em frente a uma farmácia, na rua Doutor Campolina, quando o assassino, armado de faca, se aproximou acompanhado por outra mulher.
A recém-chegada interpelou a vítima sobre algo que sua companheira não compreendeu bem e ele próprio teria dado mostra de não entender a pergunta. Sem dar tempo para mais questionamentos, o homem desferiu um golpe certeiro no pescoço de Bruno Vinícios Aparecido Gonzaga, de 25 anos. Bruno chegou a ser socorrido com vida por uma ambulância que passava pelo local no momento da confusão; contudo, morreu ao dar entrada no hospital em consequência da profundidade do corte, que chegou a atingir sua coluna cervical e lesionar sua traqueia.
Imediatamente, guarnições da Polícia Militar saíram no encalço do suspeito, Anderson Pereira (foto), de 34 anos, que foi localizado na rua Ito Alves, no bairro Progresso. Após ser reconhecido pela testemunha, ele assumiu a autoria do crime, que teria sido motivado por uma dívida relacionada à venda de uma moto.
Segundo informações extraoficiais Bruno já teria pago a suposta dívida à uma prima de Anderson, que não teria repassado o dinheiro à ele.
O homicida ainda indicou o local, no bairro Fonte Grande, onde teria escondido a faca após o cometimento do assassinato, mas a arma não foi encontrada pelos militares. Anderson Pereira, que tem diversas passagens pela polícia, recebeu voz de prisão em flagrante e está preso.