Greve entra no 7º dia e trabalhadores fazem vigília na porta da Presidente

827

Uma crise sem precedentes atinge o transporte público em Lafaiete. Pelo 7º dia consecutivo os trabalhadores da Viação Presidente cruzam os braços aguardando a quitação dos salários do mês de dezembro e plano de saúde (suspendo por falta de pagamento por 2 meses.

Os funcionários fazem vigília na porta da empresa na expectativa de recebeu uma notícia de esperança. No sábado (16), o Presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Coletivo de Conselheiro Lafaiete (SINTTROCOL), Ivanildo Abranches, fez um desabafo a nossa reportagem cobrando que as autoridades intercedem na situação para por um fim a greve.

Caso os trabalhadores não sejam atendidos, o transporte poderá ter paralisação total. Atualmente quatro ônibus circulam para atender a cidade durante a greve.

Para agravar o quadro de falência da empresa, esta semana vem o adiantamento e o vale alimentação.

Lafaiete, pede socorro!