Divulgada tabela com reajustes nos salários do INSS em 2021

404

Alterações levam em consideração última projeção do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), estimado em 4,10%.

Aposentados, pensionistas e beneficiários de outros programas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) terão reajuste de salário a partir de 2021. As projeções incluem o pagamento mínimo aos segurados, assim como o valor do novo teto previdenciário.

O governo federal faz a correção do salário mínimo, o chamado piso nacional anualmente. Hoje em dia, o reajuste leva em consideração os índices da inflação que, em 2020, deverá ficar em torno de 4,10%. Dito isso, além dos trabalhadores, os segurados do INSS também receberão uma nova atualização na renda.

Como funciona o pagamento aos segurados do INSS?

Para saber quanto cada beneficiário do INSS irá receber a cada virada de ano, basta levar em consideração o piso nacional vigente. É por ele que as alterações em benefícios da autarquia são feitas. Isso inclui aposentadorias, pensões e outros auxílios, como o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Para 2021, a estimativa aponta para uma correção de R$ 42,85. Sendo assim, a quantia mínima passará dos atuais R$ 1.045 para R$ 1.087,85. Em relação ao teto previdenciário, a máxima chegará a R$ 6.351,20. Lembrando que os valores sempre obedecem o limite orçamentário do instituto.

Confira a seguir a projeção de como ficarão os benefícios do INSS com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) a 4,10%:

Projeção Salário INSS 2021

                                                          Fonte: Portal R7 Economize

É importante salientar as reformulações financeiras se aplicam aos salários fixos advindos de pensões e aposentadorias. No caso de outros benefícios, como auxílio-doença, por exemplo, existe uma variação, visto que a quantia paga é fixada de acordo com a realidade do cidadão.