fbpx
16.7 C
Conselheiro Lafaiete
quarta-feira, 25 novembro 2020
Início Economia Caixa libera empréstimo de até R$ 100 mil; Sem consulta ao SPC/Serasa!

Caixa libera empréstimo de até R$ 100 mil; Sem consulta ao SPC/Serasa!

Consumidor sai com o dinheiro na hora da contratação, sem necessidade de análise cadastral durante o processo.

A Caixa Econômica Federal disponibiliza um empréstimo de até R$ 100 mil com taxas de juros mais baixas que as convencionais de mercado para correntistas ou não da instituição. Tudo acontece de forma segura, com aprovação imediata e sem burocracia. Isso porque o consumidor sai com o dinheiro na hora da contratação, sem passar por análises de proteção ao crédito.

A opção é o Penhor Caixa. Restrições no CPF ou score baixo são fatores que diminuem as chances de ter um pedido de empréstimo aprovado. O principal motivo está nas consultas ao SPC e Serasa feitas por bancos e financeiras, que acabam impondo obstáculos aos consumidores durante as solicitações do crédito. Nesta modalidade, a Caixa garante a isenção da etapa.

Limite para negativados

O diferencial desta modalidade de empréstimo da Caixa está na redução das taxas e burocracia quase zero. Nela, o solicitante oferece um item de valor considerável, normalmente uma joia, e em troca recebe uma determinada quantia em dinheiro. Clientes com conta salário ativa na instituição têm a possibilidade de conseguir em até 100% o valor do item penhorado em crédito.

O processo é chamado de empenhar, ou seja, deixar algo como garantia na hora de pegar um empréstimo. A partir daí, o solicitante só poderá reaver o item caso pague todas as parcelas com juros embutidos e dentro do prazo determinado na contratação. A Caixa aceita como penhor os seguintes itens:

  • Alianças;
  • Joias de família;
  • Correntes de ouro;
  • Relógios;
  • Diamantes;
  • Pratarias;
  • Canetas de valor;
  • Entre outros.

Valores

Nas novas regras para o penhor está o aumento na grama do ouro, de acordo com sua cotação atual. O valor “emprestado” pela Caixa é de até 85% do valor de avaliação do bem, com limite mínimo de R$ 50 e máximo de R$ 100 mil.

As taxas de juros para a modalidade de Penhor chegam a 2,25% ao mês, valor considerado abaixo do que é oferecido no mercado. No entanto, esse número pode ser ainda menor para os casos de “micropenhor”, que é quando o cliente não possui conta corrente ou salário médio mensal. Nesse caso, o empréstimo fica limitado à quantia de R$ 1 mil e a taxa de juro fixada em 1,7%.

Como contratar

O interessado deve primeiramente localizar uma agência Caixa que ofereça o serviço. Durante a solicitação, é necessário apresentar os seguintes documentos pessoais: RG, CPF e comprovante de residência.

A avaliação dos objetos será feita por um funcionário especializado da Caixa, responsável por determinar o valor do empenho. Firmado o acordo entre o banco e o consumidor, o dinheiro é liberado na hora.

Vale destacar que o prazo para pagamento pode ser renovado e, ao quitar todas as parcelas, os itens podem ser recuperados. Entretanto, em casos de atrasos e inadimplência, os bens são destinados a leilões promovidos pela própria instituição.(EDITAL CONCURSOS)

Mais lidas

Tragédia: mulher morre atropelada por ônibus empreiteira da Gerdau

Uma tragédia ocorrida na noite deste sábado (21). Eram por volta das 11:30 horas, quando uma mulher, de 37 anos, Rosemeire...

Tragédia: jovem é encontrado morto com corpo em decomposição

Noite de sexta-feira (20), por volta de 20:00 horas, as equipes de bombeiros de São João del-rei foram acionadas a comparecer...

Lafaiete registra grave acidente entre carreta e locomotiva

Uma carreta e locomotiva da MRS se envolveram em um acidente agora há pouco em Gagé travando o trânsito na localidade.Ainda não...

Defesa Civil faz comunicado.

A Defesa Civil de Conselheiro Lafaiete informa que em conjunto com a SecretariaMunicipal de Obras, fará intervenção estrutural em uma ponte situada...