Via 040 recupera ponte Rio Maranhão

Em continuidade ao trabalho semanal de manutenção da rodovia, a Via 040 está atuando em 21 pontos da BR-040 entre Brasília (DF) e Juiz de Fora (MG), todos em Minas Gerais, sendo 3 em sistema pare-e-siga e 18 sem interdição, apenas estreitamento de pista.

Reforço com pedra e argamassada para proteger a ponte sobre o rio Maranhão na BR 040 em Congonhas

Em Congonhas, foram iniciadas as obras de recuperação da ponte sobre o Rio Maranhão e viaduto sobre linha férrea, entretanto, sem alterações de tráfego.

Em Nova Lima, altura do km 565, a Via 040 está promovendo a melhoria do acesso para Piedade do Paraopeba, com a construção de faixas de aceleração e desaceleração, entre outras ações.

O objetivo dos trabalhos é garantir a qualidade das pistas, em boas condições de trafegabilidade e segurança para os usuários. Os motoristas devem dedicar atenção especial à sinalização e reduzir a velocidade, já que as intervenções podem provocar pontos de lentidão.

Em parceria com o Conected Citizens Partnership (CCP) do Waze, aplicativo de mobilidade para motoristas, a Via 040 está cadastrando os pontos com obras também na ferramenta.

 

Relação de locais com obras na região:

  • Congonhas (MG), km 615, com estreitamento de pista nos dois sentidos
  • Itabirito (MG), km 560, com estreitamento de pista no sentido BH
  • Itabirito (MG), km 564, com estreitamento de pista no sentido RJ- Ponto de ref.: entre o Alphaville e o acs. À Piedade do Paraopeba
  • Itabirito (MG), km 570, com estreitamento de pista nos dois sentidos
  • Itabirito (MG), km 580, com estreitamento de pista nos dois sentidos
  • Barbacena (MG), Km 700, com estreitamento de pista nos dois sentidos
  • Barbacena (MG), Km 723, com estreitamento no sentido DF-Ponto de ref.: após Correia de Almeida (Barbacena)
  • Barbacena (MG), Km 725, com estreitamento no sentido RJ-Ponto de ref.: trecho da serra da Mantiqueira

 

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *