Via 040 já repassou R$520 mil às cidades da região de impostos do pedágio

Cidades da região recebem impostos do pedágio/REPRODUÇÃO

A operação do pedágio da Via 040, empresa do grupo Invepar, gerou o pagamento de aproximadamente R$ 9 milhões a 35 municípios, montante referente ao recolhimento do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN). As concessionárias de rodovias controladas pelo grupo Invepar recolheram cerca de R$ 27,6 milhões em ISSQN no primeiro semestre deste ano. Os recursos foram destinados a 70 municípios brasileiros. O dinheiro recolhido vai direto para o tesouro das prefeituras, que poderão investi-lo em áreas como educação, saúde, saneamento e infraestrutura.

O volume de recursos pago pela Via 040 corresponde à operação das 11 praças de pedágio entre Brasília (DF) e Juiz de Fora (MG). Todos os municípios por onde a rodovia passa são beneficiados com o pagamento, uma vez que o imposto está condicionado a dois fatores: a quilometragem da BR-040 no território e o percentual (alíquota) do ISSQN praticada nos municípios. Cada município determina a alíquota e o pagamento do imposto ocorre mensalmente.

O montante de imposto pago, somado à prestação de serviços aos usuários, às centenas de empregos gerados e às compras de fornecedores locais, por exemplo, influenciam positivamente o dinamismo econômico dessas regiões.

Cidades da região

Nas 4 cidades da região cortadas pela BR 040, os valores pagos (arredondados) nos primeiros 6 meses de 2019  Congonhas, Conselheiro Lafaiete, Carandaí e Cristiano Otoni chegou a R$250 mil. Lembrando que o critério leva em consideração a extensão da BR-040 no território do município e a alíquota de ISSQN praticada; Lafaiete recebeu R$ 164 mil:

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *