Vereadores repudiam tentativa do prefeito em culpar a imprensa pelo caos em Barbacena

A vereadora Vânia Castro (MDB)/VERTENTES ONLINE

Repercutiu muito mal na sessão da Câmara de terça-feira (21) a fala do prefeito Luis Álvaro que culpou a imprensa pelo caos em Barbacena. A declaração foi dada durante a abertura da sétima edição da Feira da Indústria e Comércio de Barbacena (Feicob), na noite de segunda-feira (20). A vereadora Vânia Castro (MDB) lamentou o discurso, feito diante de uma plateia seleta com a presença de empresários locais. Odair Ferreira (Rede), que é jornalista, não deixou barato e revidou, disparando que “o exercício de cargo público não é para qualquer um”.

O prefeito disse durante o evento que a “imprensa é quem cria caos em Barbacena por noticiar apenas aquilo que a Prefeitura não faz”. Vânia relatou que as infelizes palavras do prefeito desagradaram vários empresários. Vários, inclusive, se retiraram do evento, assim como ela. Vânia afirmou que é preciso humildade para lidar com críticas e trabalhar para transformá-las em elogio.

O vereador Odair Ferreira/VERTENTES ONLINE

Para o vereador Odair Ferreira, o prefeito deve refletir sobre o que disse. O edil ainda ressaltou a importância de uma imprensa livre, para noticiar e também para apontar erros. “É preciso entender que por trás da imprensa, há a sociedade com seus anseios e muitas vezes criticas que precisam ter a devida publicidade”, pontuou. Diversos veículos de comunicação locais divulgaram notas de repúdio à declaração do prefeito.

Operação

Logo após a fala do prefeito a Polícia Federal deflagrou duas operações em Barbacena por desvios de recursos nos anos de 2016, inclusive em 2017 na gestão do atual prefeito. Fonte e fotos: Vertentes Online

Leia mais: Polícia Federal deflagra nova operação de combate à desvios em obras em Barbacena

Polícia Federal faz operação em Carandaí e faz busca em casa de ex-funcionário

 

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *