Vereadores rasgam elogios ao prefeito Mário Marcus pela medida de atendimento direto das crianças no São Vicente

Vereadores rasgam elogios ao prefeito Mário Marcus pela medida de atendimento direto das crianças no São Vicente/CORREIO DE MINAS

Hoje, quinta feira, dia 8, já era por volta das 16:00 horas, quando no site oficial da prefeitura, o prefeito Mário Marcus (DEM) e o vice, Marco Antônio (PSDB), anunciaram em um vídeo institucional a medida de que as crianças até 5 anos não mais passariam pela triagem do pronto socorro antes de serem encaminhadas ao Hospital São Vicente, referência em pediatria.

Horas após, na sessão da Câmara a medida monopolizou a Palavra Franca e os vereadores comemoram a iniciativa como também rasgaram elogios a ação

pioneira do prefeito Mário Marcus. “Quando se tem boa vontade as coisas acontecem. Era o que faltava em Lafaiete. Quero reconhecer o empenho do

prefeito e a conquistas são dos mais pobres que ficam mais de 3 ou 4 horas na fila antes de ir ao hospital. Então aqui na Câmara é um vitória de todos nós”. Frisou o líder do Governo, João Paulo Pé Quente (DEM).

Darcy da Barreira (SD) afirmou que a fila de espera para os pais era angustiante.  “È uma grande conquista de todos os lafaietenses.  Ao

prefeito, ele já chegou fazendo a diferença em pouco tempo”, frisou.  “Temos que elogiar o prefeito Mário Marcus já que a situação era de falta de

respeito humano”, resumiu Carlos Nem(SD).

O vereador Fernando Bandeira (PTB) comentou sua longa luta desde 2013 para acabar com a triagem das crianças. “Quantas vezes ao deixar meu escritório mais tarde encontrava com os pais saindo do pronto socorro e indo ao São Vicente. Eles diziam que esperam por longas horas antes de serem atendidos. Era uma desumanidade. Graça a Deus, hoje eu vou dormir mais tranquilo de que minha e nossa luta valeu”, finalizou.

Alma lavada

O presidente Sandro José (PSFB), um dos mais entusiastas e defensores da medida, reforçou que a conquista é da sociedade e dos lafaietenses.

“Acredito que o atendimento no pronto socorro vai desafogar. Desde o ano passado e no início deste ano me empenhei em buscar uma solução colocando à mesas todos os lados para uma solução. Parabéns a todos que empunhavam esta bandeira e agora todos nós estamos com a alma lavada”, assinalou.

Hoje, quinta feira, dia 8, já era por volta das 16:00 horas, quando no site oficial da prefeitura, o prefeito Mário Marcus (DEM) e o vice, Marco Antônio (PSDB), anunciaram em um vídeo institucional a medida de que as crianças até 5 anos não mais passariam pela triagem do pronto socorro antes de serem encaminhadas ao Hospital São Vicente, referência em pediatria.

Horas após, na sessão da Câmara a medida monopolizou a Palavra Franca e os vereadores comemoram a iniciativa como também rasgaram elogios a ação

pioneira do prefeito Mário Marcus. “Quando se tem boa vontade as coisas acontecem. Era o que faltava em Lafaiete. Quero reconhecer o empenho do

prefeito e a conquistas são dos mais pobres que ficam mais de 3 ou 4 horas na fila antes de ir ao hospital. Então aqui na Câmara é um vitória de todos nós”. Frisou o líder do Governo, João Paulo Pé Quente (DEM).

Darcy da Barreira (SD) afirmou que a fila de espera para os pais era angustiante.  “È uma grande conquista de todos os lafaietenses.  Ao

prefeito, ele já chegou fazendo a diferença em pouco tempo”, frisou.  “Temos que elogiar o prefeito Mário Marcus já que a situação era de falta de

respeito humano”, resumiu Carlos Nem(SD).

O vereador Fernando Bandeira (PTB) comentou sua longa luta desde 2013 para acabar com a triagem das crianças. “Quantas vezes ao deixar meu escritório mais tarde encontrava com os pais saindo do pronto socorro e indo ao São Vicente. Eles diziam que esperam por longas horas antes de serem atendidos. Era uma desumanidade. Graça a Deus, hoje eu vou dormir mais tranquilo de que minha e nossa luta valeu”, finalizou.

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *