Vereadores denunciam falta de banheiro no posto do Mato Dentro

A saúde dominou ontem as discussões da 2ª sessão na noite de terça feira, dia 6. O vereador Chico Paulo (PT) denunciou a situação precária do posto da comunidade rural de Mato Dentro. Ele foi ao local e presenciou que funcionários e pacientes usam a escola para fazerem suas necessidades fisiológicas.  O petista disse que encaminhará ao prefeito Mário Marcus (DEM) um requerimento para reforma imediata do posto na localidade. “O posto serve diversas comunidade e as pessoas às vezes usam o mato para urinar. É uma situação desconfortante e ultrajante para as mulheres”, criticou. A vereadora Carla Sassi (PSB) também manifestou seu repúdio a situação do posto. Segundo ela, empreendeu seus esforço para buscar uma solução para Mato Dentro, mas sem sucesso. Carla disse que o enfermeiro e agente que atendem a comunidade são de Gagé.

Secretário de saúde

As críticas e denúncias levantadas pelo vereador Chico Paulo aconteceram na mesma sessão em que alguns de seus colegas insinuaram a possibilidade de saída do secretário de saúde, Alessandro Gláucio. Ele rebateu as especulações, mas nos bastidores do Legislativo vereadores apontam que há sim uma instabilidade entre a administração e gestor da pasta. Alegam que “onde há fumaça há afogo”, fizeram a comparação como o cãs. Um vereador revelou que o secretário anda insatisfeito como setores da administração jurídico/licitação que vem travando investimentos do setor. O vereador citou que há mais de 6 meses a prefeitura aguarda a finalização de uma licitação para a compra de 3 ambulâncias. “Assim não há secretário que aguente esta situação. H´pa recursos em caixa da saúde, mas eles estão travados na lentidão e demora da máquina pública. A culpa recai no secretário”, revelou.

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *