Vereador Sandro José faz denúncia de constrangimento em idosa em banco e Procon analisa prática em Lafaiete

O vereador Sandro José (PSDB)/CORREIO DE MINAS

O Vereador lafaietense Sandro José (PSDB) usou a Tribuna da Câmara para tornar pública uma denúncia contra uma prática de um agência bancária. Ele relatou que acompanhava uma idosa, de 73 anos, quando ela se dirigiu ao banco para receber sua aposentadoria, como ela faz mensalmente.

Para espanto da cliente, ela foi impedida de ir ao caixa, quando os funcionários a obrigaram a receber o benefício no caixa eletrônico. “Eles estão proibindo o direito da idosa de receber onde ela deseja, já que ela é cliente do banco. Ela foi coagida e isso é assédio moral. Isso é cerceamento de direito. Levamos imediatamente a denúncia ao Procon para sua análise e devidas providências”, contestou.

Sandro antecipou que vai investigar se está prática é também comum em outras agências de Lafaiete. “O bancos estão para servir e não serem servidos. Vamos levar esta situação de  constrangimento a promotoria para saber de ontem parte esta ordem nas agências”, finalizou.

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *