Vereador defende que o horário mínimo do rotativo seja reduzido para meia hora pelo valor de R$0,50

Usando a Tribuna Popular na sessão de hoje à noite (11), o Vereador Oswaldo Barbosa (foto) (PP) afirmou que vai usar seu mandato para questionar a redução tempo mínimo de 2 horas para meia hora no rotativo digital em Lafaiete. Ele salientou que vem estudando o contrato de concessão firmado na gestão anterior entre o Município e TI Mob. “Estou me debruçando sobre este contrato e a Câmara não possui prerrogativa de alterar a legislação. Somente o  poder concedente, no caso o Município, poderia fazer alteração. Então vou pedir que ao Município flexibilize este tempo mínimo”, assinalou.

Oswaldo antecipou que vai abraçar a causa para que o consumidor tenha o direito de optar por usar a vaga pelo horário mínimo de 30 minutos pelo valor de R$0,50. Hoje o menor valor praticado é de R2,00 por duas horas e moto pelo valor de R$1,00, porém o fracionamento depende do Executivo.  “Vou apresentar um requerimento para cobrar do Executivo a mudança na legislatura para que possamos fracionar o horário. Hoje o mínimo de 2 horas onera o lafaietense. Vemos que hoje a empresa pode ganhar até R$6,00 em  duas horas na mesma vaga, caso um usuário use por 30 minutos, em seguida outro utilize o mesmo espaço por 40 minutos e um terceiro por 30 minutos”, observou.

Leia também:

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *