Sob aplausos dos colegas, vereador João Paulo faz desabafo e diz que Câmara não pode se acovardar diante de calúnias

Em um discurso e veemente, o líder do governo, João Paulo Pé Quente (DEM) usou a tribuna para atacar os adversários que disseminam mentiras nas redes sociais e espalham boatos em Lafaiete como forma de exacração pública. Sem citar nomes dos supostos caluniadores, Pé Quente deixou a tribuna sob aplausos unânimes de seus colegas e ainda mereceu elogios dos seus pares em defesa da Câmara. “A gente vê pela cidade pessoas que espalham notícias falsas e sequer conhecem as atribuições de um vereador. Esses são candidatos nas próximas eleições. Estamos todos aqui com maior boa intenção em ajudar o município e ficam comparando-nos como bandidos. Aqui são pessoas de bem que deixam suas tarefas e se voltam ao interesse da coletividade. A gente sabe que a política está cheios de corruptos, mas existem pessoas boas. Todos nós aqui somos políticos honrados e honestos”, desabafou.

Vereador João Paulo /CORREIO DE MINAS

Em seguida, prosseguiu no discurso inflamado.  “Não podemos ter medo dessas pessoas. Todos os somos pais de família e zelamos pelos bons valores da política. Senhor presidente, temos que tomar uma atitude. Estamos cansados de sermos atacados sem qualquer justificativa. Isso para mim é palhaçada e não podemos nos acovardar. Todos nós fazemos jus aos nosso salário. De agora em diante as críticas sem fundamento, terão da minha parte as respostas devidas”, finalizou.

O vereador Alan Teixeira (PHS) elogiou o conteúdo do discurso de seu colega. “Somos autoridades constituídas pela vontade popular. Merecemos respeito. Somos 13 vereadores honrados e honestos”.

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *