Sindicato dos Metalúrgicos aciona a Justiça por aumento salarial na Gerdau

O Sindicato dos Metalúrgicos de Ouro Branco entrou com um processo de dissídio coletivo contra a Gerdau no Tribunal Regional do Trabalho.

As negociações encerram no final de janeiro em torno do aumento salarial encerrando no final de janeiro.

O principal entrave que emperrou as negociações foi as diferenças de reposição das perdas inflacionárias acumuladas.

Segundo o sindicato a intransigência da Gerdau Açominas em não considerar a reposição de perdas inflacionárias fez com que os seus trabalhadores deliberassem sobre a instauração do dissídio coletivo do trabalho.

E nota enviada a nossa redação “a Gerdau informou que durante dois meses foram realizadas assembleias na usina de Ouro Branco para votação do Acordo Coletivo 2016. Porém, as propostas apresentadas não foram aceitas pelos colaboradores. A Gerdau entende que a proposta financeira apresentada está condizente com o atual cenário econômico e do setor do aço. A Empresa ressalta que respeita a democracia, a liberdade de expressão e o diálogo permanente entre as partes envolvidas”.

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *