Reviravolta: na última hora Darcy vira disputa e é eleito presidente em nome da unidade da Câmara

Nem Fernando Bandeira (PTB) nem João Paulo Pé Quente (DEM) e o suspense cedeu lugar a surpresa. Pela unidade interna, os vereadores elegeram por unanimidade em votação ocorrida agora a pouco Darcy José de Souza (SO), o Darcy da Barreira, o novo presidente do Legislativo para o ano de 2018. A sua candidatura foi costurada nas últimas horas que antecederam a eleição até então polarizada por dois grupos liderados por Bandeira e Pé Quente. Eles protagonizaram uma disputa acirrada nos últimos meses e até momentos antes da votação em busca de votos dos colegas.

Uma reviravolta de bastidores encabeçada por um grupo de vereadores, chamado de “G 7”, levou Darcy a vitória tendo como pano de fundo uma articulação política pela unidade do Legislativo e uma opção contra as interferências externas no processo eleitoral. Aos poucos a sucessão ganhou um contorno de disputa além dos limites do Palácio do Legislativo antecipando um clima pré eleitoral de 2018.

Mesa Diretora: Darcy (Presidente, ao centro), Carlos Nem (Vice) e Carla Sassi (secretaria)

Hoje a tarde, o “G 7″se reuniu para discutir um nome de consenso que mantivesse a unidade interna e a opção por Darcy  foi unânime pelo perfil conciliador, moderado e independente.

Após a sessão, Darcy disse que desde seu primeiro mandato (2005-2008) alimentou o desejo de ocupar o cargo. “A gente que entra na política sempre tem o desejo de galgar degraus. Eu queria ser presidente, mas esperava pelo melhor momento para colocar meu nome. Para mim foi surpresa quando meu nome surgiu como uma candidatura de união. Aceitei o desafio para unir nosso Legislativo. Sou presidente para defender esta Casa mantendo a harmonia interna”, assinalou Darcy.

Intitulado de “G7”, grupo foi decisivo a eleição de Darcy

Darcy adiantou que pretende voltar com as reuniões itinerantes nos bairros. “Minha proposta é levar a Câmara até a população, aproximando a Casa da comunidade. A participação é minha meta principal”, enumerou Darcy. O “G 7” é formado pelos vereadores que votaram contra o polêmico projeto de aumento salarial dos servidores e foi decisivo agora para eleger Darcy da Barreira.

Mesa diretora

A eleição par aos cargos da Mesa Diretora foi marcada pelo desdobramento da presidência. O vereador Carlos Nem (SO) foi eleito, com os votos contrários de Pé Quente e André Menezes (PP), o vice presidente da Câmara. Por 8 votos a 5, Carla Sassi (PSB) bateu Sandro José (PSDB) e foi eleita 1ª secretária.

Por unanimidade, Fernando Bandeira (PTB) se tornou 2º secretário, Alan Teixeira (PHS), 1º tesoureiro, e Pedro Américo (PT) 2º tesoureiro.

 

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *