Rafaela Silva mantém o cinturão do AMAZONA FIGHT de Muay Thai e Jennifer Yara também garante o seu por desistência da adversária

A lutadora congonhense de Muay Thai, Rafaela Silva, da Rampage Thai Team, manteve o cinturão do AMAZONA FIGHT, que teve sua segunda edição realizada neste final de semana em Ibirité, na Grande Belo Horizonte. Depois de vencer o primeiro evento em junho, na categoria 56 kg, em sua primeira luta na carreira, ela foi desafiada, na 57 kg, por Ana Wolverine, da equipe FT-BH, que possui no currículo 10 lutas e disputa outras modalidades como o MMA. Após cinco rounds na luta principal do evento, um juiz apontou Rafaela como vencedora, outro a adversária e um terceiro considerou ter havido empate. O regulamento garante, neste caso, a vitória a quem coloca o cinturão em disputa, o que concorreu para a permanência deste com a congonhense. Jennifer Yara, também da Rampage Thai Team, da categoria 80 kg, que enfrentaria Kelly Alerquina (Felix Fight Team), venceu por W.O., já que a oponente desistiu por contusão, garantindo outro cinturão para a equipe de Congonhas. A equpe conta com apoio da Secretaria de Esporte e Lazer da Prefeitura.

Rummenigge (à esquerda), o também instrutor da equipe Rangel Gerra (à direita) e Rafaela (ao centro), após a conquista do cinturão em junho / DIVULGAÇÃO

Rafaela Silva afirma: “a luta foi muito dura, mas desta vez não me machuquei tanto quanto da primeira. O susto maior foi mesmo no final, quando anunciaram minha adversária como vencedora. Eu já estava descendo do ring triste, e então informaram que havia acontecido um engano, aí a alegria voltou. O desgaste foi tanto que acabei tendo de tirar o domingo e a segunda para descansar”.

 

 

O treinador Rummenigge já ministrava aulas em outra equipe, da qual participava a Rafaela, e resolveu criar a sua própria, Rampage Thai Team. “Meu objetivo era emagrecer e ter mais qualidade de vida, aí então ele percebeu que eu tinha condições de participar de competições. Demorou para eu topar me inscrever em uma luta, o que ocorreu em junho, e já estreei com vitória. Não é fácil ser lutadora no ring, dar duro nos treinos semanais, no salão de beleza, que é meu trabalho, e ainda ser mãe”, reconhece a campeã.

A Rampage Thai Team mantém aulas de Muay Thai nas academias do Caveirinha jiu-jitsu family, no Dom Oscar, ministradas pelo professor Rangel Guerra; na Academia Forma Física, do professor Regis, no Centro, e em Entre Rios de Minas, nas útlimas duas com o professor Rummenigge.

“Temos a ideia de abrir nossa própria academia para oferecer ainda mais saúde e bem-estar às pessoas. A atividade física é responsável por uma boa condição clínica do corpo e da mente, ela combate inclusive a depressão”, afirma Rafaela.

Jennifer Yara, também da Rampage Thai Team, conquistou seu primeiro cinturão. /DIVULGAÇÃO

Rummenigge, líder e técnico da Rampage Thai Team, afirma que, “durante a preparação das duas atletas, tudo foi feito certinho, treinando quase todo dia, apesar de todos termos de trabalhar também. A Jennifer Yara faria sua estreia, estava muito preparada, mas infelizmente a adversária dela já havia sentindo o pulso e se machucou no dia da luta, e o treinador preferiu que ela não arriscasse. Nós temos o compromisso de realizar esta luta, provavelmente em 20 de junho do ano que vem. Já a Rafaela foi desafiada por uma mulher muito mais experiente, com lutas no currículo de MMA, Jiu-Jitsu e Muay Thai, em uma disputa muito dura. Provavelmente, haverá a revanche das duas na próxima edição, e temos de nos preparar melhor que desta vez para fazer a defesa do cinturão novamente. Agradeço muito à Prefeitura de Congonhas, que nos ajudou com o transporte até Ibirité, porque é bem difícil manter-se competindo. Por enquanto, não temos rendimentos, e com essa ajuda da Secretaria de Esporte e Lazer, conseguimos participar destes eventos e representar bem a cidade de Congonhas”.

A próxima competição da Rampage Thai Team está prevista para Janeiro em Belo Horizonte.

FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *