Prefeitura X Copasa: Mário Marcus se reúne com a Copasa para cobrar qualidade dos serviços e investimentos

Prefeito e vice anunciaram que estarão hoje a tarde em reunião com a direção da Copasa
Prefeito e vice anunciaram que estarão hoje a tarde em reunião com a direção da Copasa

Em julho de 2014, o ex prefeito Ivar Cerqueira (PSB) assinou o contrato de renovação por mais 30 anos com a Copasa para exploração do serviço de água e esgoto. Durante toda a sua gestão ele reclamou, perdeu a paciência e até ameaçou a romper o contrato e privatizar o serviço diante do descumprimento do contrato.

A prefeitura chegou até a multar a empresa e o Ministério público acionou a Justiça para valer o contrato com multas que chegam mais de R$ 6 milhões.

ETE Bananeiras é um martírio que dura mais de 6 anos com mau cheiro; Copasa leva multa por descumprir prazos
ETE Bananeiras é um martírio que dura mais de 6 anos com mau cheiro; Copasa leva multa por descumprir prazos

Ontem, dia 10, durante sua visita a Câmara, o prefeito Mário Marcus (DEM) anunciou que esteve reunido com a diretoria regional da Copasa, em Lafaiete, para levantar as demandas, multas e processos em torno do contrato com a estatal.

Hoje, dia 11, o prefeito estará a tarde com a direção da empresa na Capital Mineira para alinhar um entendimento em torno das demandas de Lafaiete. “Vamos retomar nossa conversa com a Copasa e viabilizar uma conversa com a empresa. São muitas as demandas de Lafaiete com a Copasa e vamos buscar o entendimento pelos interesses de nossa cidade”, assegurou.

Desde a assinatura do contrato, a empresa vem descumprimento sucessivamente o contrato, entre os quais os quais os prazos para eliminar o mau cheiro da Estação de Tratamento de Esgoto do Bananeiras, situação que dura mais de 6 anos. Isso sem contar os prazos vencidos para colocar em funcionamento a ETE Ventura Luiz que já terminou em 2015 e ainda está em obras.

Outro assunto que deve estar na pauta das conversas é a contrapartida de R$ 10 milhões pela assinatura do contrato que até a hoje a estatal não cumpriu. Diversas obras como pontes, investimentos em saneamento básicos estão em projetos cujo recurso a Copasa não repassou.

Outra reunião

Na parte da manhã de hoje o prefeito estará reunido na Secretaria de Estado da Saúde.

Fotos:CORREIO DE MINAS

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *