Prefeito e vice de Barbacena têm mandatos cassados e Toninho Andrada fica inelegível por 8 anos

Divulgada a sentença em primeira estância, envolvendo a cassação dos mandatos do atual prefeito de Barbacena e de sua vice, Luís Álvaro e Angela Kilson, que também podem ficar inelegíveis por oito anos. A sentença julgada em 1ª instâcia pelo Juiz, Joaquim Martins Gamonal, da 23ª Zona Eleitoral, se refere há um dos cinco processos movidos durante as eleições de 2016 contra os atuais representantes do poder executivo de Barbacena, que podem recorrer da decisão.

O ex prefeito de Barbacena, Toninho Andrada

Também foi proferida e julgada a sentença em 1ª instância, contra o ex-prefeito de Barbacena, Antônio Carlos Andrada, que terá que pagar uma multa no valor de R$100 mils, perdendo seus direitos políticos e cando inelegível por oito anos. O ex-prefeito pode recorrer da decisão que cabe recursos. Na ação movida pelo Ministério Público Estadual (MPE), denunciava a chapa por captação ilícita de votos durante o período eleitoral de 2016. Como evidências, os promotores incluíram vídeos e depoimentos de servidores que, de acordo com o processo, foram coagidos a votar para que não perdessem os empregos

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *