Prefeito de Itabirito perde mandato e cidade pode ter nova eleição

No início de janeiro de 2019, o TRE/MG cassou o mandato de Alex Salvador, prefeito de Itabirito, e do seu vice,  Wolney Pinto de Oliveira, por abuso de poder econômico e captação ilícita de recursos financeiros na campanha de 2016.

Em 2017, Alex Salvador obteve 17.357 votos (57,84%), que serão anulados -Crédito da foto: Câmara Municipal de Itabirito

Entretanto, caberia recurso da decisão na corte e os cassados permaneceram no cargo até o julgamento de eventuais embargos de declaração, quando a execução do julgado e a convocação de novas eleições majoritárias deverão acontecer, como determinado pela Corte Eleitoral. Acontece que na semana passada, no dia 27, os juízes do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais rejeitaram, de forma unânime,  ambos os embargos.

A publicação oficial da decisão de TRE-MG foi feita na segunda-feira (01/04), e as intimações para cumprimento da decisão foram realizadas hoje. Portanto, conforme decisão da Justiça Eleitoral, o atual presidente da Câmara do Vereadores,  Arnaldo Pereira dos Santos, assume a prefeitura de Itabirito, interinamente,  até que se faça eleição suplementar, ainda em 2019. Alex Salvador e Wolney  podem recorrer tanto da condenação imposta pelo TRE/MG, quanto dos seus afastamentos dos cargos, no Tribunal Superior Eleitoral. (Fonte: Mais Minas)

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *