Polícia revela bilhete assustador encontrado ao lado do corpo queimado

Mistério cerca corpo encontrado ás margens da BR 040

Ainda causa mistério o corpo de uma mulher foi encontrado às margens da BR-040 no final da manhã desta terça-feira (10), no Km 587, perto do Restaurante da Celinha. Segundo a PM, ele estava parcialmente carbonizado e havia um bilhete próximo, em um pedaço de papel escrito à mão, tinha os dizeres: “Se não dá conta do recado, pede para sair”.

Os militares, que chegaram ao local por volta de 11h50 após uma denúncia anônima, disseram que a mulher estava no chão, de barriga para cima, e com os braços carbonizados. Além do bilhete manuscrito, havia, próximo ao corpo, um chinelo sujo de sangue e um comprovante de registro de ponto realizado às 19h dessa segunda-feira (9). O documento é de uma empresa de transportes de Congonhas, cidade vizinha.

O estabelecimento comercial afirmou que o funcionário, cujo registro de ponto pertencia, entrou na empresa em abril, e passou por exames toxicológicos, os quais deram negativo. Um funcionário afirmou que a PM esteve no escritório da firma na tarde desta terça-feira (10), mas não soube informar se o funcionário foi contatado.

A perícia esteve no local do crime e constatou que a vítima tinha lesões na região da lombar. Não foram encontradas testemunhas, e o crime foi encaminhado à Polícia Civil (PCMG). O corpo foi encaminhado ao IML, de Belo Horizonte para exames para identificar a vítima, mas havia sinais de violência.

Em Congonhas

O corpo casou uma alvoroço em Congonhas já que circulou informações de que ele seria de uma mulher, de nome Jéssica, que está desaparecida desde sábado. As características não se confirmaram.

 

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *