Polícia prende pastor e suspeitos de assassinato de jovem catireiro

Após investigação polícia chegou aos autores do homicídio de Josef, de 27 anos/Reprodução

Operação “Legalidade”, desencadeada pela polícia Civil efetuou 30 prisões em Lafaiete e cidades da região, cumprindo diversos mandados de prisão expedidos pela justiça. Entre os detidos estão um pastor e um suspeito de um assassinato cruel, com pedaços de pau, de Josef Pinto Paulino, 27 anos, ocorrido na manhã do dia 04 de dezembro em Gagé, após uma emboscada. A investigação da polícia civil aponta para um terceiro envolvido.

A vítima foi agredida no interior de uma fazenda e foi encontrada com hematomas e a boca sangrando. À época, segundo informações de testemunhas o celular de Josef foi encontrado no porta luvas do veículo do pastor. A vítima natural de Congonhas, foi encontrada por Militares do 31° BPM, após uma ligação telefônica.

Josef estava em um terreno na localidade do Gagé, quando foi lavado para o Hospital e Maternidade São José.

Segundo vários moradores de Congonhas a vítima (Josef) sempre colheu inimigos, pois fazia “catira” (negócios) dando prejuízo as pessoas, tendo sido agredido várias vezes.

FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *