Perseguição e troca de tiros entre PM e traficantes terminam com 8 presos

Nesta fim de semana  durante patrulhamento no Bairro Grogotó, militares receberam informações de que seis indivíduos, todos já conhecidos no meio policial pela prática de tráfico de entorpecentes e outros crimes, estariam num condomínio realizando o comércio de entorpecentes e ainda exibindo armas de fogo. Os denunciados também estavam envolvidos na disputa pelo controle de pontos de comércio de drogas no local.

Foi realizado planejamento em conjunto entre várias viaturas para uma operação no local a fim de restabelecer a ordem pública. Ao iniciar a incursão no condomínio, vários indivíduos empreenderam fuga por entre os blocos 1 e 2, sendo que as equipes policiais se dividiram para tentar a abordagem.
No bloco 1, a primeira equipe passou a acompanhar três pessoas em fuga, os quais entraram no prédio e correram para um apartamento sendo possível perceber que um dos autores corria com uma arma de fogo nas mãos. Os militares se aproximaram da porta do apartamento e, ao tentarem impedir que a porta fosse fechada, foram recebidos com um disparo de arma de fogo. Diante da agressão, os militares também realizaram um disparo que atingiu a porta e a parede do apartamento. Os policiais militares se abrigaram mantendo verbalização com os indivíduos no interior do apartamento, sendo dispensada no chão da sala uma arma de fogo. Após alguns instantes, a equipe entrou no apartamento, apreendeu a arma e abordou cinco pessoas que estavam lá. Com um deles, a PM apreendeu três buchas de maconha preparadas para a venda e a
quantia de R$ 128,50. Com os outros, nada de ilícito foi encontrado.

A segunda equipe policial acompanhou um menor que correu pelos fundos do condomínio até o bloco 4, subindo as escadas e entrando num apartamento. Após contato com o pai do adolescente, os militares realizaram vistoria no apartamento, mas não encontraram nada ilícito. O menor recebeu voz de apreensão pelo ato infracional de desobediência e associação para o tráfico ilícito de drogas.

Já a terceira equipe abordou dois homens que chegavam no local em um Renault Clio, de cor preta, ambos alvo de denúncias frequentes de tráfico de drogas. Eles não obedeceram as ordens para se postarem na posição de busca pessoal, resistindo de forma passiva à abordagem policial, sendo conduzidos por desobediência e associação para o tráfico ilícito de drogas. No fim da ação, foram encaminhados para a o autor da tentativa de homicídio contra os militares, um homem de 21 anos; mais dois homens, 19 e 20 anos; três adolescentes, 17, 17 e 16 anos; e duas mulheres, 19 e 21 anos. Todos envolvidos no tráfico de drogas. A arma utilizada no crime foi apreendida

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *