Novo governo de Minas endossa proposta de Glaycon Franco para Via Gastronômica

Projeto iniciado no governo anterior irá continuar

Graças ao apoio e ao empenho pessoal do deputado estadual Glaycon Franco, a criação da “Via Gastronômica Lafaiete-Itaverava”, evidenciando a interligação dos municípios por meio dos sabores e variedade da culinária mineira, continua avançando, como promissora opção turística, com potencial para ampliar a geração de desenvolvimento, emprego e renda na região.

Sidneia de Souza Martins, técnica do circuito Villas e Fazendas , Tatiana Rezende de Matos, secretária de cultura de Itaverava e presidente do Circuito Villas e Fazendas, Secretário Marcelo Matte, deputado Glaycon Franco e Regiane de Fatima da Rocha Rezende, presidente da associação “Via Gastronômica Lafaiete-Itaverava”/ DIVULGAÇÃO

Nesta terça-feira, dia 4, Glaycon viabilizou reunião entre os responsáveis pelo projeto e o secretário de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Marcelo Matte. O grupo pediu que o governo do estado continuasse apoiando o projeto, para a continuidade da estruturação do roteiro turístico. Conforme explicou a secretária municipal de Cultura de Itaverava, e presidente do Circuito Vilas e Fazendas, Tatiana Rezende, o trecho inicial já foi testado, aprovado e se encontra em funcionamento com pleno sucesso; ele abrange cerca de 15 restaurantes, situados ao longo dos 23 quilômetros de estrada entre Conselheiro Lafaiete e Itaverava, com possibilidade de ampliação para outros trechos da BR-482.

O objetivo dos empresários é elaborar um projeto de desenvolvimento turístico e gastronômico sustentável que preserve os costumes e características culturais da região. Como forma de atrair um público cada vez maior de pessoas que trafegam pelo trecho mineiro da BR-482, foram solicitadas medidas como sinalização da via, implantação de portais turísticos e estudos de divulgação da Via Gastronômica. A estruturação será comandada pela associação civil “Via Gastronômica Lafaiete-Itaverava”, fundada em 14 de agosto de 2018, por pessoas ligadas à preservação da gastronomia local, defendida pelo deputado Glaycon Franco.

O secretário Marcelo Matte ouviu com atenção as reivindicações e se dispôs a determinar estudos para a complementação do projeto de continuação da Via Gastronômica e colocou à disposição dos idealizadores, técnicos da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo. Os especialistas ajudarão na elaboração de um plano de trabalho, oferecerão suporte técnico e apontarão meios eficientes de divulgação da Via Gastronômica, como forma de incremento do turismo e de valorização da culinária regional.

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *