Música, teatro e dança marcaram encerramento do Festival de Verão

As salas e o teatro da Escola Municipal Fortunata de Freitas Junqueira foram palco de intervenções de teatro, dança e música na noite desse sábado, 23, no encerramento do 1º Festival de Verão. As apresentações contaram com a participação dos alunos e dos professores que ministraram oficinas de capacitação durante o evento, promovido pela Associação Congonhense de Artes (ACART), entidade conveniada à Prefeitura por meio do projeto Arte na Escola. Estiveram presentes o prefeito Zelinho, a secretária municipal de Educação, Maria Aparecida Resende, e a coordenadora do Arte na Escola, Kátia das Graças Souza.

Entre os dias 20 e 23 foram ministradas 11 oficinas nas áreas de artes plásticas, música, dança e teatro. Alunos do projeto Arte na Escola e do Garoto Cidadão, além de artistas locais, participaram do Festival, que teve,como objetivo, formar novos artistas e reciclar o conhecimento daqueles que já atuam no cenário artístico.

O prefeito Zelinho destacou a importância do projeto Arte na Escola, que permite o acesso dos alunos da rede municipal de ensino à arte e a cultura, e os avanços feitos na educação. “Ficamos muito felizes em poder propiciar mais este importante serviço, principalmente na área da educação. Fico feliz em saber que o município tem uma orquestra formada por mais de 80 alunos da rede municipal. Poucas cidades oferecem o que estamos oferecendo. É gratificante como prefeito, oferecer isso à população, principalmente aos jovens. Quando assumi a Prefeitura, tínhamos três escolas em horário integral, agora são 17. Nossa intenção é expandir, para que os alunos tenham aulas de música e outras atividades. É importante eles estarem envolvidos com a arte e a cultura”, finalizou.

Segundo a secretária municipal de Educação, Maria Aparecida Resende, muitos talentos foram fortalecidos e descobertos durante o Arte na Escola e outras atividades desenvolvidas, como pintura em tela e biscuit. “Abraçamos a ideia do Festival de Verão para que os professores e alunos do projeto pudessem interagir e terem uma nova aprendizagem”, completou.

O diretor geral do Festival de Verão e professor do Arte na Escola, Nilo Sérgio, agradeceu o apoio do Governo Municipal e explicou a iniciativa: “Percebemos que precisávamos trazer outros profissionais para que pudessem nos dar outra visão e mais conhecimento, para aprimorarmos ainda mais o nosso trabalho. Tivemos a felicidade de contar com profissionais do mais alto nível. Para que isso acontecesse, foi importante o apoio do poder público, por meio da Secretaria de Educação, e da Fundação CSN”.

Foto:divulgação

 

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *