Manifestação quer por um basta nas mortes por animais na BR 482 e homenageia comerciante morto em acidente

A morte do comerciante Jair Egg de Miranda, no último sábado (7) atingido por uma vaca na BR 482, próximo a Unipac, desencadeou uma onde de protesto e revolta diante da situação recorrente de acidentes provocados por animais soltos nas pistas na rodovia. “Estamos dispostos a lutar até o fim para que esta situação não se prolongue e novas vidas sejam ceifadas pela omissão e irresponsabilidade dos proprietários”, sintetizou a estudante de biomedicina, Elaine Coelho, que mora no Bairro Sagrado Coração de Jesus. Ela é uma das organizadoras do ato e conhece de perto o perigo de transitar pela BR 482, já que seus pais moram na localidade dos Almeidas.

Morte de comerciante provocou uma revolta geral sobre a responsabilidade dos donos de animais soltos na BR 482/REPRODUÇÃO

Assim que soube do acidente, classificado por crime, Eliane entrou em contato com as filhas de Jair quando surgiu a iniciativa. “Nossa intenção é também confortar a família e dar um basta a estes crimes. Estamos solidários a família e buscamos uma providência para esta situação”, assinalou.

Um grupo no WhatsApp foi criado e conta com mais de 200 participantes. A organização já conta com apoio de parceiros na confecção de faixas e famílias estão confeccionando camisas com a foto do Sr. Jair para ser usada na manifestação. “Chega de omissão. Não vai existir outro Jair”. Esta será uma das frases estampadas em uma das faixas na manifestação.

A organização do evento está providenciando o apoio e logística para o dia do evento. A intenção é que a manifestação está marcada para as 12:00 horas em frete a Unipac quando os participantes vão fechar as pistas 3 vezes de 5 minutos.

Em seguida eles vão até ao local do acidente que tirou a vida de Jair quando farão uma oração e colocarão flores. Para encerrar, os participantes caminham até a entrada do bairro Novo Horizonte, local de constante aglomeração de animais soltos na BR 482.

“Nós ficamos muito satisfeitos com o posicionamento do chefe Municipal mas sabemos que é necessário a participação da população quanto a essa reivindicação de fiscalização da rodovia que é de responsabilidade do DEER. Também seguimos firmes no propósito de fazer deste momento uma homenagem ao sr Jair como forma de demonstrar solidariedade à família, disse Eliane Coelho, uma das organizadoras do evento.

Hoje (14), haverá missa de sétimo dia na Basílica do Sagrado Coração de Jesus, às 19:00 horas.

 

Leia mais: Em tom de desabafo, Vereadora Carla Sassi critica demora na solução de animais soltos, cobra engajamento da sociedade e expõe perseguição

Animais soltos nas ruas voltam a provocar acidente em Lafaiete e revolta vítima que caiu de moto

Morte de comerciante na BR 482 revolta lafaietenses e moradores preparam manifestação; Vereadora Carla Sassi denuncia impunidade e ameaças de donos de animais

Atenção: motoristas alertam sobre perigo de animais na

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *