Maior diálogo entre Prefeitura e COPASA garante coleta de esgoto em bairros de Congonhas e proteção dos mananciais

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (COPASA) concluiu a instalação de 580 metros dos interruptores de esgoto no bairro Grand Park. Com essa obra, as redes coletoras de esgoto deste bairro e de parte das ruas Efigênia Isidoro de Deus, Luiz Pereira da Silva e Aprígio de Castro do bairro Eldorado começam a operar.

Esta obra é complementar a outra que já beneficiou vários outros bairros da cidade. Em 2016, um acordo firmado entre o Governo Municipal, o Governo do Estado e a COPASA permitiu a construção de 25 km de rede, dos 35 km previstos.

Após contato da concessionária, quase 100% dos moradores do Grand Park e de parte daquelas ruas do Eldorado aderiram ao sistema público de coleta de esgoto. A obra evitará que este siga correndo pelas ruas.

O eletricista aposentado Farlei José da Conceição Freitas, 59, morador da rua José Magalhães Freitas, no Grand Park, pôde enfim desativar a última fossa. “Isso foi um lucro pra mim, porque abrir fossas é dispendioso. Já vou aterrá-la. Moro há 22 anos aqui e aguardávamos por todo este tempo pela rede de esgoto. Hoje eu me considero rico, por ter água saudável, rede elétrica, telefone e agora a coleta do esgoto. Os moradores que já fizeram a ligação estão felizes”.

O Joaquim Murtinho também acaba de ser beneficiado com a instalação de interceptor, construído para eliminar o lançamento do esgoto no córrego do bairro. Além de beneficiar os moradores daquele bairro, que reclamavam de mau cheiro, pôde-se direcionar também a rede coletora também do Leopoldino Barbosa por interceptor.

Estas ações refletem o diálogo frequente entre o prefeito Zelinho e Frederico Lourenço Ferreira Delfino, diretor de Operação Sul (DSL) da concessionária.

Segundo o secretário de Gestão Urbana da Prefeitura, Sandro Cordeiro, “outros locais da cidade precisam de intervenção, mas o maior número de residências sem ligação com a rede estava nesta região do Grand Park e Eldorado. Estamos em conversa com a Copasa para que ela faça a rede de coleta em toda a cidade. O Governo Zelinho tem procurado diretamente a Diretoria da concessionária em Belo Horizonte e estes entendimentos fazem com que aumente a predisposição de obras de saneamento básico em Congonhas”.

Segundo a COPASA, já foi concluída a instalação do interceptor do Joaquim Murtinho, que também irá beneficiar diretamente 40 imóveis e indiretamente outros 200 imóveis, retirando o lançamento do esgoto do córrego que passa atrás dos imóveis.

Limpeza de fossa

Um caminhão da  Prefeitura atende os bairros que não têm o serviço de rede de esgoto de 15 em 15 dias. É feita a limpeza de, aproximadamente, 30 fossas por vez.

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *