Lei obriga secretaria afixar lista de medicamentos em Lafaiete

O vereador Lúcio Barbosa (PSDB), cujo discurso na tribuna reveza entre “tapas e beijos”  a administração, recebeu fartos elogios ontem na sessão quando emplacou o projeto que obriga a ampla divulgação dos medicamentos oferecidos no sistema municipal de saúde.

O Vereador Lúcio Barbosa (PSDB)/CORREIO DE MINAS

Pelo texto aprovado,  a secretaria municipal de saúde será obrigada a publicar a lista de medicamentos disponíveis na farmácia central em todas as unidades de saúde como PSF’s, CASP’S, pronto socorro, postos de saúde dentre outros atualizada semanalmente.

Hoje a legislação determina a divulgação apenas na internet. “A afixação vai facilitar a vida dos pacientes que não terão que se deslocar de longe para chegar na farmácia e não encontrar o medicamento. A lei torna mais transparente e mais acessível a lista aos usuários”, avaliou Barbosa.

Tanto os vereadores Sandro José (PSDB) como Darci da Barreira (SD) avaliaram que a nova lei vai facilitar o controle de estoque de medicamentos do município. “Duvido que funcione mas vamos aguardar”, ponderou Darcy. Alan Teixeira(PHS) e Andre Menezes (PP) apoiaram a eficiência da nova lei.

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *