Lafaiete: situação do cemitério Nossa Senhora da Conceição será tema de audiência pública

Os vereadores aprovaram por unanimidade, ontem a noite, dia 2, o requerimento, de autoria dos vereadores André Menezes (PP), João Paulo (DEM), Fernando Bandeira (PTB) e Darcy de Souza (SD), em que a situação do Cemitério Nossa Senhora da Conceição será tema de audiência pública. O principal problema, alvo de recorrentes reclamações, é a infestação de escorpiões. “Queremos envolver a comunidade, a associação de bairro, a promotoria, o administrador do cemitério e as secretarias de saúde e obras para sairmos desta audiência com uma solução de uma vez por todas”, comentou o vereador André Menezes. “O intuito é ajudar”, completou.

O Vereador Sandro José apresentou fotos enviadas pelos moradores do Satélite sobre a invasão de escorpiões o Bairro

O vereador Oswaldo Barbosa (PP) também comentou uma visita às residências próximas ao cemitério nas quais os moradores convivem com o problema dos escorpiões. “Eles sobem até andares. Nós presenciamos estes relatos. Mas eles também proliferam em escombros existentes na rua”, disse.

Lima Dias e Satélite

Aproveitando o tema, o Vereador Sandro José (PSDB) ampliou a discussão, já que os moradores dos Bairros Limas Dias e Satélite convivem com a infestação de escorpiões. “Apesar de discussões diferentes, vou aproveitar para levantar o problema do bairro Satélite. Os moradores estão em apuros com os escorpiões. Acredito que esta situação é um desequilíbrio ambiental já que não há o predador natural. Como os escorpiões têm hábitos noturnos não serão as galinhas que poderão eliminar este problema. Vamos aproveitar a audiência para discutirmos a situação destes bairros”, relatou Sandro.

O Vereador Darcy da Barreira (SD) lembrou que já apresentou diversos requerimentos cobrando uma solução para este problema no Bairro Satélite. Ele relatou que, por trauma e medo, uma pessoa se mudou do bairro após um escorpião picar sua filha.

Leia também:

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *