Lafaiete em choque: Polícia divulga detalhes da investigação de estelionato de pai acusado de gastar recursos irregularmente da campanha do filho

Matheus estaria levando uma vida de luxo na Bahia com os valores arrecadados para a reabilitação de seu filho João Miguel/DIVULGAÇÃO

A Polícia Civil de Minas Gerais divulga amanhã (23), na Delegacia Regional de Conselheiro Lafaiete. os detalhes da investigação que culminou com a prisão, nesta segunda feira (22), em um hotel de Salvador, do lafaietense Mateus Leroy. Contra ele pesa a denúncia de estelionato após suspeito de gastar irregularmente o dinheiro arrecadado em campanhas para tratar uma doença grave do filho. O caso chocou a comunidade de Conselheiro Lafaiete e estarreceu os moradores diante da desumanidade como também retrata o abismo e a contradição pela qual a sociedade atravessa em seus verdadeiros valores éticos.

O pai da criança foi preso em Salvador, depois que os policiais lotados na delegacia de Lafaiete receberam a informação de que ele teria aplicado o golpe milionário. Após divulgar em redes sociais que a família precisava arrecadar dinheiro para o tratamento do menino, de apenas 1 ano e 7 meses, o pai arrecadou cerca de R$ 1 milhão para comprar o medicamento do bebê, portador de Atrofia Muscular Espinhal (AME).

Há cerca de uma semana, a Polícia Civil de Minas recebeu informações de que o acusado estaria em Salvador, gastando de maneira indevida o dinheiro, e não usando o montante arrecadado para tratar da criança, de fato portadora da AME. O delegado, Daniel Gomes e sua equipe esteve durante o dia em Salvador atuando no caso, quando o autor foi preso.

Leia mais:

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *