Lafaiete: Centro Pop ganhará nova sede para ampliar seu atendimento aos moradores de rua

A Secretária Municipal de Assistência Social, Magna Cupertino/CORREIO DE MINAS

Durante Audiência Pública, promovida pela Câmara, na noite da segunda feira, dia 15, para a discussão do Orçamento de 2019, o vereador Sandro José (PSDB) fez cobranças e sugestões visando a ampliação da rede de assistência social em Lafaiete.

Ele citou, por exemplo, a localização do Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua, mais conhecido como Centro Pop, o Bairro Campo Alegre dos Carijós, região central. Segundo ele, há inúmeros relatos de moradores ao entorno do local que reclamam da permanência de assistidos que abordam e perturbam as pessoas. “Eu acredito que deveriam levar o Centro Pop para um espaço mais amplo para melhor atender e acolher os moradores de rua. Fica aqui minha sugestão”, observou.

A Secretaria Municipal de Assistência Social, Magna Cupertino, adiantou que o assunto da transferência do Centro Pop já está encaminhada para que possa atender melhor os servidores, os moradores e os moradores ao redor do novo local, mas exortou a sociedade. “Onde for instalada a nova casa vai criar desafetos e rejeição”, advertiu, cobrando aceitação e que a sociedade assuma sua parcela de responsabilidade a busca de solução para o problema social dos moradores de rua.

Em junho, o Centro Pop foi alvo de roubo quando grande parte dos equipamentos foi furtado.

Criado em 2009, o local é onde os moradores de recebe atendimento das equipes de psicólogos e assistentes sociais, além de ter acesso a outras políticas públicas É um espaço que possibilita a eles condições de se manter e viver com mais dignidade seja para jovens, adultos, idosos e famílias que utilizam as ruas como espaço de moradia e vivem em estado de vulnerabilidade social.

Pode se ter acesso ao Centro Pop de forma espontânea ou por encaminhamento do Serviço Especializado em Abordagem Social.

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *