Jovem laminense é primeiro no vestibular de medicina da UFMG e UFJF

André Luiz de Jesus Mendes, de 18 anos/Reprodução

O jovem laminense André Luiz de Jesus Mendes, de 18 anos, conquistou o primeiro lugar no concorridíssimo vestibular de medicina da Universidade Federal de Minas. Como se não bastasse para provar sua capacidade, ele conquistou também o primeiro lugar na Universidade Federal de Juiz de Fora.

Mas a opção foi pela UFMG onde em em fevereiro inicia seus estudos para realizar seu sonho pelo qual tanto lutou para conquistar a cobiçada cadeira na federal. André também foi também

André veio do ensino público e recebeu incentivo familiar para chegar ao seu objetivo. Ele iniciou seus estudos na Escola Estadual Napoleão Reis, nome em referência ao filho ilustre de Lamim que foi diplomata e poliglota.

Sem seguida foi aprovado no 9º ano para cursar o Ensino Médio no Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Viçosa,COLUNI,considerada a melhor escola pública do Brasil. “O meu ensino fundamental na escola Estadual Napoleão Reis foi importante para que eu criasse uma base sólida de conhecimentos,os quais foram aprofundados durante o Ensino Medio no Coluni”, reconheceu André.

Ele disse que sempre estudou sozinho, não fez cursinho focado em cursinhos para ENEN e outros vestibulares, mas foi através da disciplina e empenho que conquistou seu sonho. ”Sempre prezei pela minha própria organização e pelo meu modo de estudar,também sempre fui muito focado no que eu queria. Assim,desde o primeiro ano do Ensino Médio comecei a estudar para ingressar na UFJF e UFMG”, assinalou o futuro médico.

No terceiro ano, André mantinha uma disciplina rígida de estudos. “Tive aula no Coluni de 7:00 as 12:20. Após sair do colégio,almoçava e começava a estudar de 13:00 até as 22:00 horas. A rotina era pesada, muitas vezes, quando se é vestibulando torna-se necessário lidar com toda a pressão e, nesse momento meus amigos e minha família foram de fundamentais. Minha mãe me deu condições para que eu somente estudasse. Ela trabalhava em dois empregos como professora da rede estadual e municipal, sempre me apoiando em todas as minhas decisões. Todas essas condições foram favoráveis para que fosse aprovado na UFMG e UFSJ”, disse André, enaltecendo a gratidão a sua mãe, Joelma de Jesus Mendes. “Estou muito feliz com minha aprovação e me dedicarei para que eu me torne um excelente profissional”, finalizou André.

 

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *