Indicação de verba do deputado Aécio Neves é alvo de bate boca e polêmica na Câmara; “queria que ele estivesse ao lado do Lula e do Eduardo Cunha “, insinua Pé Quente

Em 2010, o então governador Aécio Neves e o vice-governador Antonio Anastasia inauguraram a ETE  Bananeiras que recebeu R$ 10 milhões do Governo e anunciaram mais R$ 5,2 milhões em investimentos para a construção de um novo Pronto Socorro

Pelo segundo ano consecutivo, o ex governador e ex senador, hoje Deputado Federal Aécio Neves (PSDB) agraciou Lafaiete com a indicação de recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para a aquisição de ônibus escolar no valor de R$189 mil. Para 2019, o valor já está depositado em conta específica da prefeitura municipal. Os gabinetes dos vereadores foram comunicados da indicação do tucano.

Nas eleições de 2018, Aécio abocanhou no colégio eleitoral 500 votos sem ao menos pisar no solo lafaietense, mas ao contrário de centenas de candidatos votados, o tucano vem retribuindo sua votação com verbas e recursos.

Uma discussão acolorada e uma troca de farpas apimentada foram desencadeadas a sessão de ontem (11) quando o Vereador Darcy da Barreira (SD) pediu informações se o veículo indicado pelo deputado já teria sido adquirido e sugeriu que o recursos pudesse de ser destinado a compra de veículos para ronda escolar, justificando que a comunidade perdeu o serviço que garantia segurança. Prontamente, Sandro José (PSDB) explicou que sugestão não procederia já que o recurso era carimbado. “Esperamos que o recurso seja mesmo efetivado”, exortando pela agilidade na aquisição.

O Vereador petista Chico Paulo disparou contra o deputado cobrando que ele teria uma dívida com Lafaiete em relação a obra inconclusa do hospital regional e a promessa de reforma do aeroporto Bandeirinhas. “O ex presidente Lula veio em Congonhas, Queluzito. Durante 8 anos que ele esteve no poder e pouco fez por Lafaiete”, cutucou o tucano Lúcio Barbosa.

O Vereador Sandro José (PSDB) insinuou que deputados bem votados em Lafaiete pouco se importam pela cidade e sequer aqui vêm para agradecer ou mesmo direcionar recursos. “Temos que cobrar mais investimentos em nossa cidade independente da sigla”, pontuou.

Em tom irônico, João Paulo Pé Quente (DEM) disse que Aécio Neves, então governador ofereceu a Lafaiete um “presente de grego” ao inaugurar a Estação de Tratamento de Esgoto, a ETE Bananeiras. Mais de 9 anos depois a obra é um martírio para os moradores pelo insuportável mau cheiro que exala da obra e até hoje sem solução. “Queria o Aécio ao lado do Lula e do Eduardo Cunha”, disparou. “Esperamos que o ônibus não demore tanto como foi o caso do recurso que o vereador Alan Teixeira empenhou em conseguir e por pouco a cidade quase perdeu uma ambulância. Mas toda verba é bem vinda”, concluiu.

 

Leia também:

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *