Prefeito Mário Marcus volta a Câmara para assinar documento conjunto em favor da contratação de trabalhadores lafaietenses

Vereador Pedro Américo cobra das entidades do comércio e seus filiados o envio de vagas de emprego para o SINE

 

Apesar de pedir priorização de mão de obra,Congonhas já tem mais de 8 mil desempregados/Divulgação PMC
Apesar de pedir priorização de mão de obra,Congonhas já tem mais de 8 mil desempregados/Divulgação PMC

Os vereadores de Lafaiete estão preocupados com o crescimento do nível de desempregos. Por outro lado, no final do ano passado, um grupo de trabalhadores esteve na Câmara para denunciar a situação de que os SINE de Congonhas e Ouro Branco são orientados a contratarem como prioridade os moradores das respectivas cidades.

Na semana passada, ocorreu um mal estar na Casa quando um requerimento do vereador Pedro Américo (PT) foi rejeitado já cobrava, apenas do prefeito Zelinho (PSDB), de Congonhas, uma posição quando ele se reuniu com representantes das grandes empresas para pedir prioridade na contratação de congonhenses como também das empreiteiras. À época, em outubro do ano passado, Zelinho lamentou que as empresas pouco usavam o cadastro do Sine local para contratar os trabalhadores e quando surgia vaga era imediatamente preenchida.

No ano passado trabalhadores desempregados buscaram apoio dos vereadores contra exclusão do mercado de trabalho
No ano passado trabalhadores desempregados buscaram apoio dos vereadores contra exclusão do mercado de trabalho

Vereadores lafaietenses durante discussão do requerimento alegaram que o pedido deveria ser encaminhado ao prefeito Mário Marcus (DEM) para que ele cobrasse das empresas atenção aos trabalhadores de Lafaiete e não a Zelinho. “Ele nem vai nos responder. Este é um problema de Lafaiete e do nosso prefeito”, discorreu Geraldo Lafayette (PP).

Ao tocar no assunto o vereador Pedro Américo chamou a atenção de seus pares para o problema vivenciado pelos trabalhadores de Lafaiete que reclamam que são desprezados nas contratações das cidades vizinhas.

Tanto que a situação crítica do alto nível de desemprego bateu á porta do prefeito. Ontem, dia 17, o vereador Sandro José (PSDB) adiantou que na semana que vem Mário Marcus voltará a casa legislativa para assinar conjuntamente um documento em que pedem aos Sine’s da região e agências de empregos atenção pela contratação dos trabalhadores de Lafaiete.

Já o líder do prefeito disse que será agenda um encontro com o prefeito de Congonhas para discutir a demanda de Lafaiete.

Requerimento

Em mais uma investida do vereador Pedro Américo para defender o mercado de trabalho para os lafaietenses, a Câmara aprovou um requerimento para que cobre do CDL-CL e da Associação Comercial de Lafaiete para que intervenham junto aos estabelecimentos filiados, a fim de sugerir que disponibilizem suas vagas de emprego no Sistema Nacional de Emprego – SINE. “Dá dó de ver gente na fila do SINE”, lamentou Pedro Américo. Alguns vereadores comentaram que os gabinetes estão entulhados de currículos de pessoas a procura de emprego.

Confira nos links:

http://www.correiodeminas.com.br/site/cobranca-governo-de-congonhas-lamenta-que-grandes-empresas-pouco-usam-trabalhadores-locais-e-com-registro-no-sine/

http://www.correiodeminas.com.br/site/governo-solicita-vagas-para-trabalhadores-locais-em-obras-da-vale/

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Um comentário em “Prefeito Mário Marcus volta a Câmara para assinar documento conjunto em favor da contratação de trabalhadores lafaietenses

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *