Cidades fantasmas: em 5 cidades da região número de eleitores supera a população

Jeceaba tem 610 eleitores a mais do que sua população/Reprodução

Minas Gerais possui 75 cidades com mais eleitores do que habitantes, segundo dados recentes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), se levada em conta estimativa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) da população residente por município para 2017. Deste total, 5 municípios estão na região.

A maior desproporção é na cidade de Queluzito onde existem 1.958 moradores e eleitores representam 2.424 pessoas aptos a voltar em 7 de outubro. Uma diferença de 22%.

Já em Jeceaba, o eleitorado é maior 13% a mais do úmero de habitantes. Enquanto a cidade tem 5.209 moradores estão aptos a votar 5.819 eleitores.

Em Moeda são 5.351 eleitores e 4.957 moradores, representando uma diferença de 10%

Já Casa Grande tem 2.309 habitantes e 2.538 eleitores, quando o município tem 9% a mais de votantes. Em Itaverava a diferença é de apenas 21 pessoas entre votantes e moradores.

Itaverava tem 209 eleitores a mais do que habitantes/Reprodução

Já Catas Altas da Noruega entrou no rol das “cidades fantasmas” nesta eleição quando a cidade passou a ter 110 eleitores a mais que habitantes.

Santana dos Montes que, nas eleições de 2016 tinha 6 eleitores a mais que votantes, agora tem 3.887 habitantes e 3.790 moradores.

Análise

De acordo com o TSE, nem sempre o domicílio eleitoral é o mesmo que o domicílio civil, e alguns municípios desenvolvem características específicas que levam a essa situação, o que, segundo o tribunal, não configura necessariamente fraude.

Para a Justiça Eleitoral na região “a não coincidência de número de habitantes com o de eleitores é decorrente da possibilidade de escolha, obedecidos critérios aceitos pelo TSE”.

Existe casos por exemplo que as pessoas mudaram e não transferiram o seu título. Como o contrário também: as pessoas transferiram o título apenas para votar neste ou naquele candidato, mas moram em outra cidade. Será que ainda que, de vez em quando, algum morto volte para assombrar as urnas pelas mãos de gente viva ?

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *