Homem invade bar, atinge dois homens com tiros e é preso após perseguição na BR 040

Um homem armado invadiu um bar na rua Entre Rios de Minas, no centro de Jeceaba e efetuou disparos de arma de fogo contra os envolvidos. As vítimas foram socorridas por populares e se encontram ainda hospitalizadas na Associação Hospitalar de Jeceaba.

Populares informaram que o autor havia fugido em um VW Voyage prata, ainda de arma em punho.

O Cabo Janiell tomou conhecimento do fato e orientou os colegas do pelotão do Jardim Canadá, perto do Belo Horizonte, a tentarem localizar o veículo com o autor, uma vez que é comum a fuga de criminosos para a capital via BR040.

Os militares fizeram um cerco nas proximidades da barreira da Polícia Rodoviária Federal. Tentaram abordar um veículo com as mesmas características, mas o condutor acelerou, furou o bloqueio e evadiu.

As duas equipes policiais perseguiram o veículo, sendo que conseguiram abordá-lo alguns quilômetros após, já no Anel Rodoviário, nas proximidades do trevo do bairro Betânia, já Em Belo Horizonte.

O cidadão se recusou a descer do carro. Os militares, com as cautelas necessárias para dominar um provável homicida armado o contiveram e o algemaram. O cidadão confessou a dupla tentativa de homicídio no interior do bar e alegou ter se livrado da arma no trevo de Jeceaba, não possuindo nada mais de ilícito no carro.

 O tenente coronel da ativa Dácio Pinheiro de Souza Filho compareceu ao local e se identificou como sendo primo do cidadão detido. Também ele confirmou os fatos ocorridos em Jeceaba. Insatisfeito, entretanto, com a ação policial, afirmou que solicitaria a presença da equipe da corregedoria no local, posteriormente, retornou ao local da abordagem.

Como o carro tinha sinais de sangue, foi acionada a perícia técnica. Liberado o carro pela perícia, os militares realizaram vistoria no carro, sendo encontrado pelo Cabo Janiell o revolver calibre 38.

No tambor do revolver haviam três munições e quatro estojos. Levado ao posto da Polícia Rodoviária Federal, o conduzido se recusou a fazer o teste do bafômetro, sendo feito o termo de recusa e tomadas as providências administrativas decorrentes.

Acionada pelo comandante do pelotão PM de Jeceaba, a delegada Gláucia Rodrigues Pereira, orientou que a ocorrência não seria recebida na delegacia regional de Conselheiro Lafayete.

A equipe policial da cidade de Jeceaba, sabedora dos pormenores do crime, compareceu e acompanhou o registro do boletim e seu posterior recebimento.

As imagens do crime foram captadas pelo sistema de câmeras que havia no estabelecimento comercial cenário do crime. O veículo foi encaminhado para o pátio credenciado.

Em pesquisas, foi apurado que a arma de fogo é de propriedade de um advogado de Itabira. Em contato com ele, nos informou que teve sua arma subtraída por bandidos no ano de 2015. Diante dos fatos, encaminhamos a arma de fogo e o conduzido para providências de polícia Judiciária.

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *