Homem acusado de matar colega com canivetada vai a júri popular

Um desentendimento motivado por desacordo no pagamento de um serviço levou a morte do jovem William Douglas Galadino Ribeiro. O crime aconteceu na noite do dia 03 de novembro de 2017, por volta das 23:00h, no Ginásio Poliesportivo da localidade dos Machados, zona rural de Jeceaba, quando a vítima foi atingida por uma facada no abdômen desferida por Mateus Matosinhos de Souza, produzindo-lhe ferimentos que foram causa eficiente de sua morte.

Amanhã (13) acontece no Fórum de Entre Rios de Minas o júri popular do caso.

Segundo apurações, o suspeito encontrou com a vítima durante uma partida de futebol naquela comunidade e resolveu lhe cobrar uma dívida de um serviço realizado, gerando uma discussão com a intervenção de terceiros. Disse que, para se ver livre aquela situação, o autor sacou um canivete que trazia consigo na cintura e desferiu na direção deles, no que acabou atingindo a pessoa de William, momento em que conseguiu fugir para se apresentar na Delegacia de Polícia com advogado posteriormente.

A despeito desta apresentação, não está descartada a prisão do autor, caso à Justiça acate a representação de prisão preventiva feita apresentada como o relatório do inquérito, conforme destacou o Delegado de Polícia, pois o autor do fato praticou o crime por motivo torpe, à traição, tornando impossível a defesa do ofendido ao desferir uma canivetada na região do abdômen da vítima, demonstrando sua intenção inequívoca em ceifar aquela vida.

Observou ainda, que o autor do fato vem revelando possuir personalidade voltada para as práticas delituosas, inclusive violentas e graves, a exemplo do homicídio em apuração que causou grande clamor público naquela comunidade, onde já era temido devido sua conduta social.

Por tudo isso, a Autoridade Policial indicou o autor Mateus Matosinho de Souza pela prática do homicídio duplamente qualificado e aguarda a decisão da Justiça.

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *