Glaycon Franco apresenta ao Governador Zema proposta para agilizar licenciamento ambiental via consórcios públicos

O Deputado Glaycon Franco propôs agilidade em licenciamentos ambientais /DIVULGAÇÃO

Por força da atuação política do deputado estadual Glaycon Franco (PV), os geradores de empregos passam a ter mais facilidades para viabilizar empreendimentos na região. O processo de obtenção do licenciamento ambiental poderá correr no âmbito dos consórcios municipais, o que tornará a tramitação muito mais ágil e desburocratizada. A boa notícia foi confirmada pelo próprio deputado ao participar, em Congonhas, na última sexta-feira, 27 de setembro, de reunião mensal da AMALPA – Associação dos Municípios da Microrregião do Alto Paraopeba.

O deputado lembra que até há pouco tempo, um empresário poderia aguardar aguardava até cinco anos para obter a licença ambiental para instalar pequenas, micro e médias empresas, enquanto para os grandes empresários este tempo é encurtado. “São dificuldades que afetavam os pequenos e médios empresários, pois sabemos que as grandes empresas mantêm agendas diretas com o próprio governador. É a demanda dos pequenos e médios que pretendemos atender”.

Diante desta realidade, o deputado esteve com o governador do estado, demonstrando este entrave e propondo que o licenciamento pudesse ser feito via consórcios públicos.  “O governador foi sensível ao nosso pedido e estamos felizes com a concretização do antigo sonho de descomplicar o licenciamento ambiental para os municípios da nossa região, que é um exemplo quando se trata dos consórcios. Congonhas sai na frente. Inclusive seu modelo será referência para toda Minas Gerais por meio do ECOTRES. Esperamos que os outros municípios façam suas adequações para que a região não perca investidores por falta de licenciamentos ambientais. Afinal, são eles que geram emprego e renda e, consequentemente, promovem o desenvolvimento”.

Glaycon Franco fez questão de frisar que o licenciamento ambiental regional, por meio dos consórcios, não significa a flexibilização das leis, mas a desburocratização do processo, uma conquista a muitos anos pleiteada e finalmente alcançada.

 

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *