Gerdau vai desenvolver programa socioambiental em Lafaiete e região sobre descarte correto do óleo de fritura

Cada litro de óleo (de fritura) despejado diretamente no meio ambiente contamina até 25 mil litros de água

Em nota publica hoje na coluna Mercado S/A,do Estado de Minas, aponta que a Gerdau, uma das maiores empresas siderúrgicas do mundo, vai ampliar seus investimentos em programas socioambientais.

Um deles, o Bioenergia Social, está sendo promovido em parceria com a startup Bchem Biocombustíveis. O objetivo parece prosaico, mas tem valor: conscientizar a sociedade sobre o descarte correto do óleo de fritura. Segundo especialistas, o óleo de fritura é um dos grandes responsáveis por entupimentos e vazamentos de redes de esgoto no país. E mais: cada litro de óleo despejado diretamente no meio ambiente contamina até 25 mil litros de água. As primeiras cidades a receber o programa serão as mineiras Congonhas, Conselheiro Lafaiete, Itabirito, Moeda, Ouro Branco e Ouro Preto. Além de aprender como descartar, a população será orientada a gerar renda com o produto, destinando o óleo para a produção de energia renová vel. Dos 8,5 milhões de toneladas de óleo de soja produzidos anualmente, menos de 1% é reciclado, de acordo com os mais recentes dados disponíveis.

FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *