Funcionário é rendido dentro de loja e tem moto tomada de assalto; PM age rápido e prende um dos autores

Ontem (26), por volta das 9:00 horas, os militares foram acionados na loja,  localizada na saída de Jeceaba, destino a MG 155. Segundo as informações repassadas, um Fiat/Tempra, cor azul, com três ocupantes, estacionou em frente ao comércio, momento em que dois homens desembarcaram do veículo e vieram de encontro ao funcionário, Felipe dos Santos Lima,  momento em que foi surpreendido pelos suspeitos.

Um deles, portando uma arma de fogo, anunciou o assalto, apontando a arma em sua direção e proferindo: “fica quieto, vamos levar a moto e passe a chave”. Logo em seguida, os 3 elementos saíram sentido à rodovia MG 155, sendo que um dos criminosos conduziu a motocicleta subtraída e os outros dois infratores evadiram no veículo Tempra.

Trés suspeitos chegaram e tomaram moto de assalto de funcionário de comércio

Segundo a vítima, um dos indivíduos tinha o cabelo pintado de vermelho,  moreno claro e altura mediana aproximada de 1,70, trajando blusa vermelha e estava coma arma de fogo. O segundo autor era moreno escuro, altura mediana, trajando blusa vermelha sendo o condutor da motocicleta.

De posse das informações, os militares saíram em rastreamento, onde segundo informações de populares que margeavam a rodovia MG 155, os indivíduos fugiram sentido a Caetano Lopes, onde prosseguiram sentido a localidade de Santa Quitéria que dá acesso a cidade de Congonhas.

Foi acionado o cerco bloqueio, quando os militares localizaram o veículo, no bairro Alvorada, e em seguida conseguiram êxito em localizar um dos autores. O proprietário do veículo Fiat/Tempra, Aarão Misael Cândido, que confessou sua participação no assalto. A vítima reconheceu o autor, alegando ter o visto dirigindo o veículo Tempra.  O veículo foi apreendido devido ao licenciamento em atraso.

Em desdobramento,  o  autor foi conduzido até a Upa de Congonhas e na sequência encaminhado a presença da autoridade de Polícia Civil para adoção das providências cabíveis.

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *