Fim do contrato da Localix gera preocupação e críticas na Câmara

O fim contrato da Localix, responsável pelos serviços de limpeza e coleta de lixo, em Lafaiete, foi abordado com um misto de preocupação e crítica durante a reunião de quinta-feira, dia 4, na Câmara Municipal.

Vereador Sandro José/CORREIO DE MINAS

O vereador Sandro José (PSDB) usou a tribuna para demonstrar sua apreensão. Ele informou que alguns serviços serão encerrados no fim de abril. “Esperamos que as coisas se acertem para que não haja uma interrupção de determinados serviços temporariamente. Sabemos que a administração municipal e a Localix estão trabalhando para encontrar um termo de forma que as atividades que vierem a parar, seja por um período bastante curto”, comentou.

A preocupação também foi demonstrada por Pedro Américo (PT). Ele informou que muitos funcionários foram demitidos. Ele acredita que a empresa não dê conta de tocar todos os trabalhos que realiza, até então. O petista ainda teceu criticas a administração municipal. “Quem ganha pouco tem que gastar pouco. Lafaiete tem pouco recurso, mas está cheia de cargos comissionados que ganham muito. Na época que votamos o orçamento, eu alertei que o dinheiro não seria suficiente. Ainda tivemos o calote dos governos federal e estadual”, ponderou.

Contrato com a Localix pode ser renovado por mais um ano/REPRODUÇÃO

Para Pedro Américo, a Localix é que está sendo guerreira, pois está sem receber desde outubro. “Vai chegar um dia que a empresa não suportará segurar essa conta”, alertou.

Renovação

Informação obtida por nossa reportagem é de que o contrato vence no final de abril, mas pode ser renovado por mais um an ano.

Leia mais: Localix divulga nota de esclarecimento

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *