Festa do futebol: Decisão do Varzeano enche o campo e empolga as torcidas

Liga 1
Equipe do Milan sagrou-se campeã do Aspirante
Liga 12
Equipe do Milan sagrou-se campeã do Aspirante

A tarde de domingo, dia 26, foi dia de festa para o futebol lafaietense com o estádio do Mineiro tomado pelas fanáticas torcidas para duas grandes finais da “Copa Lafaiete Varzeana”. Nos dois jogos o que se viu foi muita garra, determinação, pegada e disputa. O clima tenso das partidas trouxe mais problemas para os árbitros.No primeiro jogo da categoria Aspirante, o Milan e Satélite entram em campo com a rivalidade à flor da pele.

O Milan precisava do empate já que tinha a melhor campanha e no primeiro jogo da final o placar ficou no 0 a 0. Aos 6 minutos, Reinaldo, o “Paçoca”, fez 1 a 0 para o Satélite. Peterson, do Milan, empatou a partida. O placar ficou no empate e a torcida do Milan comemorou o título. Após a partida o organizador do Abraão Tavares entregou as taças de artilheiro a Dudu e ao goleiro Marcos como goleiro menos vazado. Ambos os jogadores são do Milan.

Categoria principal

Liga 4
Jogador do Mercenários levanta troféu do título da categoria principal
Liga 2
Aislam comemora gols na partida junto a torcida

As torcidas do Mercenários (JK) e Cachoerinhas (Cachoeira) agitaram o Estádio do Mineiro e incendiaram o jogo da final da Categoria Principal. Como tinha a melhor campanha e na primeira partida da final ficaram no 0 a 0, o Mercenários entrou em campo precisando apenas do empate para sagrar-se campeão.

Liga 3
Torcida e jogadores esbanjam alegria após conquista

Quem assistiu ao jogo viu duas equipes aguerridas e um jogo foi digno de uma grande decisão. A partida foi catimbada e com muito “empurra empurra”. Aos 17 minutos, o lateral direito, Aislam, fez grande jogada, driblou 2 jogadores, e chutou para fazer 1 a 0 para o time do Jk. Novamente, aos 21, em jogada ensaiada, Aislam fez 2 a 0.

Mas quem pensava que o placar estava definido presenciou muita emoção. Aos 25 minutos, Maike descontou para o Cachoeirinha. Aos 30 minutos, o artilheiro Gabriel Caixeta fez um golaço de meia bicicleta, empatando a partida. A partir daí o jogo incendiou. Aos 37, Clebinho, do Mercenários, deu números finais a grande decisão, fazendo 3 a 2 para o Mercenários.

Assim que o juiz encerrou a partida, a torcida invadiu o campo para comemorar o título juto aos jogadores.

6
Equipe do Mercenários, do Bairro JK

Abraão Tavares entregou a taça de artilheiro a Igor (Lima Dias), ao goleiro menos vazado Gilmar (Kelman), a equipe mais disciplinada (Rochedo). A partir desse momento, foi só festa para a diretoria e jogadores do Mercenários. “A gente fez este torneios sem qualquer apoio da prefeitura. O resultado foi do estádio cheio”, disse Abraão. Vinte clubes participaram da categoria aspirante e 12 do principal.

Na próxima quinta feira, dia 30, acontece na sede da Liga de Desportos uma reunião para definir os participantes e o regulamento da Super Copa Varzeana que começa na primeira metade de agosto. Enquanto não tem futebol amador, o varzeano toma a conta!

Fotos:CORREIO DE MINAS

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *