Expoagro: entidades, empresários e prefeitura se unem para colocar Lafaiete no centro das grandes feiras no Brasil e fomentar a economia regional

Empresários, diversas entidades, prefeitura e órgãos públicos e da iniciativa privada se uniram para inserir Lafaiete no roteiro nas grandes feiras do agronegócio e da agricultura familiar. Intitulada de Expoagro, a primeira edição do evento, acontece paralelamente aos grandes shows entre 9 a 13 de agosto no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Lafaiete.

A feira, apesar de ambiciosa, pretende explorar o potencial de Lafaiete e de cidades ao entorno, formando um centro de negócios durante 5 dias. Uma estrutura será montada no parque para receber expositores já confirmados de diversos segmentos de negócios, aliando também os empresários locais.

Serão 24 mil m² divididos em stands espalhados dentro da estrutura do parque formando um complexo para formalização de negócios e parcerias.

A apresentação da Expoagro aos empresários e lideranças do setor público aconteceu ontem na manhã na Agência de Desenvolvimento de Conselheiro Lafaiete (ADECOL), entidade parceira do empreendimento. O formato da Expoagro vai unir lazer, entretenimento e negócios, segundo os padrões das feiras que acontecem em Minas e no Brasil. “Nossa intenção é fomentar nossa economia, nossos valores, nosso comércio,nossa rica agroindústira, nosso turismo, nossa cultura e nossas potencialidades. Vamos expor para Minas e o Brasil o que de melhor fazemos e produzimos em Lafaiete e na região. Isso tudo unido formatamos um grande produto com sucesso que se inicia neste ano e vai se consolidar nos próximos anos. Nossa intenção é o parque de exposições abrigue feiras durante os 12 meses do ano. È um grande projeto para nossa região fomentar a economia e estamos transformando tudo isso em um produto”, comentou Ronaldo Lana, presidente da Associação Comercial e Industrial de Conselheiro Lafaiete (ACIAS), uma das principais fomentadores da Expoagro.

Representantes de entidades apostam no potencial da economia de Lafaiete e região/CORREIO DE MINAS

Ele explicou que entidades como a FIEMG, FAEMG, Federaminas, BDMG já avalizaram a feira e apoiam a iniciativa lafaietense, já citada como modelo para impulsionar a economia no interior mineiro.

No mesmo local estarão a praça de alimentação, espaço para palestras, concurso de marcha, concurso leiteiro, exposição de animais, artesanato, a agroindústria e turismo de negócios. “Nossa intenção é transformara a feira em força nacional. Todos os segmentos e atividades da nossa economia estarão representados”, sintetizou Kennedy Neiva, diretor da ACIAS, e um dos mais entusiasmados empresários da feira.

Em sua fala, ele lembrou que a Expolaf nasceu com uma exposição e feira, na década de 80, que ao longo dos anos foi descaracterizada. “Estamos resgatando os princípios da Expolaf que além de shows unia também os laços e arranjos produtivos da economia local, focada no produtor rural”, salientou Kennedy.

FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *