Em reunião histórica, AMALPA e AMA iniciam discussão conjunta do novo edital de concessão da BR 040; municípios querem garantir intervenções e obras

Seis meses após a reunião histórica entre duas entidades municipalistas, iniciativa inédita em Minas, quando Associação dos Municípios das Vertentes (AMVER) e AMALPA promoveram um encontro conjunto em Tiradentes, ontem, dia 15, os prefeitos e lideranças deram mais um passo definitivo em busca da integração regional do território da Vertentes.

A AMA (Associação dos Municípios da Microregião da Mantiqueira), cujo presidente é o prefeito de Cipotânea, José Bonifácio, participou da reunião mensal da AMALPA, ocorrida no Solar Barão do Suassuí, em Lafaiete. O cenário histórico promoveu um clima de união entre duas regiões próximas para discutir problemas comuns.

Reunião marcou um novo passo na integração regional com foco no novo edital de concessão da BR 040

O prefeito anfitrião, Mário Marcus, abriu a reunião elogiando a integração regional através duas entidades municipalistas. “Sinto orgulho de participar desta entidade”, discorreu se referindo a AMALPA. O Presidente Célio Pereira, o Celinho, cobrou a discussão de um novo pacto federativo no qual o bolo da arrecadação seja descentralizado do Governo Federal promovendo mais recursos aos municípios.

Deputados

O deputado federal, Marcos Pestana, fez uma explanação da conjuntura política e econômica refletindo sobre a crise brasileira. Para ele o país vive a sua mais dramática crise com elementos de um ambiente explosivo no qual a decepção e revolta se misturam no eleitorado.  Segundo ele um novo desenho político nacional passaria pelas lideranças políticas dos municípios. Ele defendeu o fim das emendas parlamentares. Em seu discurso, o deputado Glyacon Franco citou a união e mobilização regionais como instrumentos capazes de superar os desafios históricos dos municípios como a desigualdade social e os

Lideranças das duas regiões propuseram uma ação conjunta nas discussões do novo edital da BR 040

problemas crônicos da saúde.

Regularização e ovo edital da BR 040

Os palestrantes Fernando Pereira e Ana Cristina explicaram os avanços promovidos pela flexibilização da lei de Regularização Fundiária facilitando ainda mais a sua aplicação. O Gerente do Departamento de Pontes, Estruturas e Edificações do DEER explanou sobre os novos critérios adotados pelo Estado na conservação de estradas. Ele alertou sobre as regras do novo edital de concessão da BR 040 no qual os municípios devem se mobilizar de forma conjunta. O segundo ele o atual contrato deve ser rescindido com a concessionária Via 040.

O engenheiro Crispim Ribeiro explicou a atuação e o papel da SOREAR (Sociedade Regional de Engenharia e Arquitetura de Conselheiro Lafaiete) na colaboração junto aos municípios frente aos desafios do novo edital de concessão da Via 040. A entidade integra o grupo de trabalho ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre). Ele insistiu na mobilização conjunta dos municípios nos quais BR 040 impacta direta ou indiretamente. Ele citou como exemplo a mudança da construção da contorno de Lafaiete como parâmetro de iniciativa na mudanças. Para ele para que as intervenções necessárias sejam contempladas no novo edital vão exigir organização e mobilização conjunta dos Municípios junto ao Ministério dos Transportes.

Ao final, o presidente Celinho propôs a assinatura comum de um ofício conjunto das intervenções na BR040. O documento será enviado ao Ministério do Transportes.

FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *