Em crise, prefeita corta gastos e substitui secretariado por cargos de carreira

Ouro Branco vive uma crise, uma das piores dos últimos 20ª nos. Em baixa popularidade, a prefeita Cida Campos tenta manter a postura austera e corta na própria carne para tentar tirar a cidade do fundo do poço. Com salários atrasados, Cida enfrenta as críticas da população e em especial do funcionalismo público.

248657_1126733837345156_992096901193953859_n

Diante da fragilidade de seu governo, sem qualquer base popular ou na Câmara, Cida iniciou 2016 tentando se equilibrar nas incertezas econômicas.

Priorizando valorizar a “prata da casa” e economizar na folha de pagamentos, a prefeitura capacitou para exercer cargos do alto escalão. Com isso a prefeitura aproveitou os funcionários concursados e de carreira para assumirem o alto escalão.

O secretariado passou a contar com 70% do seu quadro formado por servidores que prestaram concurso e de carreira. Dos 13 secretários, apenas 4 são de nomeação da prefeita Cida Campos. O restante passou por curso e assumiram funções estratégicas. Com a medida, a prefeita vai economizar na folha de pagamento.

Fotos:reprodução/facebook

 

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *