Dois operários feridos em explosão da Gerdau recebem alta, mas 6 permanecem internados em BH

Dois operários que se feriram na explosão ocorrida na fábrica da Gerdau, em Ouro Branco, receberam alta nesta quarta-feira (16), de acordo com a empresa. Eles estavam internados no Hospital Fundação Ouro Branco (FOB). Outros dois funcionários permanecem internados nesta unidade hospitalar.

O acidente ocorreu nesta terça-feira (15) e deixou duas pessoas mortas e dez feridas. Seis pessoas estão internadas em Belo Horizonte, sendo quatro delas em estado grave. A unidade informou que os pacientes têm 35, 38, 50 e 60 anos. Eles tiveram queimaduras e correm risco de vida.

A causa para o acidente ainda não foi esclarecida.  A Polícia Civil periciou o local e abriu inquérito para investigar o caso. Na manhã desta quarta-feira (16) funcionários da empresa protestaram contra a falta de segurança na Gerdau.

Ainda nesta quarta-feira dois operários mortos foram enterrados. Fernando Alves Peixoto, de 40 anos, era funcionário da siderúrgica, e foi sepultado às 11h no cemitério Nossa Senhora da Conceição, em Conselheiro Lafaiete, na região Central do Estado. A outra vítima fatal foi Cristiano Rodrigo Marcelino, de 35 anos, que trabalhava para a empresa Convaço, contratada pela Gerdau. O enterro dele foi às 12h em Ipatinga, no Vale do Aço.

 

FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *