Dia 13 de março: manifestantes se reúnem em Lafaiete e pedem “Fora PT” e “Fora Dilma”

Com gritos de guerra como “Fora Dilma”, “Fora PT” cerca de 150 pessoas, segundo estimativa do Comando da PM, marcaram presença no ato contra a corrupção no Brasil, ocorrido na manhã do dia 13. O movimento ”Vem para a Rua Lafaiete” também cobrou o impeachment da Presidente Dilma Rousseff (PT).

Os manifestantes atenderam os pedidos das redes sociais durante a semana e se vestiram em verde e amarelo, colorindo as ruas de Lafaiete em uma passeata pacífica. Até no sábado, mais de 5 mil pessoas haviam confirmado presença no ato.

Alguns integrantes da marcha iniciaram a mobilização em frente a sede da prefeitura, na Praça Tiradentes, e depois desceram para se juntar a um grupo maior que partia da praça da Rodoviária.

De lá, os manifestas seguiram pela avenida Telésforo Cândido de Resende. Com bandeiras, rostos pintados em verdade e amarelo, apitos e os punhos cerrados como forma de protestos, o movimento chamou a atenção por onde percorria. Um veículo puxou os insatisfeitos com o governo Dilma.

Já perto da rotatória da avenida, o Hino Nacional foi entoado pelos manifestantes. Depois de mais de uma hora de protestos o ato chegou à praça Tiradentes, encerrando a manifestação dissipou-se em frente a sede da prefeitura.

A maioria presente ao ato era liderada por empresários de diversos segmentos que sentiram a crise econômica que aos poucos chegou a economia local afetando diretamente a cidade. A retomada do crescimento também foi um dos pontos defendidos pelo ato “Vem para a rua Lafaiete”. Ao longo do trajeto a PM acompanhou o ato. “Apesar de modesto, o importante é que o lafaietense mostrou sua indignação contra aos desmandos no Brasil. Vamos voltar às ruas”, disse um popular.

 

 

Lideranças presentes ao evento/Foto:Correio de Minas
Lideranças presentes ao evento / Foto:Correio de Minas

DSCF4338[1]
Em diversas partes da cidade, Bandeiras nas janelas retrataram os protestos/Foto:Correio de Minas
DSCF4332[1]
Protestos encerraram na sede da prefeitura onde manifestantes dispersaram/Foto:Correio de Minas
DSCF4324[1]
Ato teve presença feminina puxando a manifestação /Foto:Correio de Minas

Ato percorreu a avenida Telésforo Candido com protestos contra o governo Dilma/Foto:Correio de Minas
Ato percorreu a avenida Telésforo Candido com protesto s contra o governo Dilma/Foto:Correio de Minas
O lider empresarial lafaietense, José César, puxou os manifestantes/Foto:Correio de Minas
O lìder empresarial lafaietense, José César, puxou os manifestantes/Foto:Correio de Minas

 

 

 

 

 

 

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *