Devoção, fé e comemorações marcam encerramento da Festa do Divino Espírito Santo

Termina neste domingo, dia 9 de junho, as comemorações da Festa do Divino, em Lamim. Cercada de fé, o evento representa a religiosidade do povo laminense que há 309 anos mantém viva a tradição de uma das festas mais importantes de Minas Gerais. Conta-se na tradição local que os bandeirantes desbravando a região chegaram no Dia de Pentecostes trazendo a devoção estampada em uma bandeira do Divino Espírito Santo.

Neste sábado (8), a partir das 8h acontece a Manhã Esportiva na Praça de Esportes Luiz da Costa Neves. Entre os destaques da programação está o grande jogo da Seleção laminense contra o Cruzeiro Pampulha às 16h. Antes, o sub 15 do Cruzeiro Pampulha enfrenta o Júnior do laminense, por volta das 14h.  Às 19h a Santa Missa terá a participação especial dos laminenses ausentes, trilheiros e o ofertório especial em contribuição às obras da Matriz. Haverá a benção dos veículos, motoristas e chaves.  A noite de sábado será em grande estilo com show de Fernando Nogueira, às 22h.

O ponto mais alto da festa acontece no domingo (9), quando Lamim receberá milhares de romeiros e devotos do Divino Espírito Santo. Às 6h, a cidade será despertada pela alvorada festiva, amanhecendo colorida e com casas enfeitadas. Às 8h, ocorre o cortejo dos imperadores Nivaldo e Daniela, e a concentração para a procissão do reinado será na Praça Padre Lucas Leal. Em seguida, a procissão segue pelas ruas com os cantos carregados de simbolismo das folias de reis, do congado e da banda de Música, evocando raízes de uma cultura tricentenária. Vestido a caráter como um rei, o Imperador, cercado também de amigos, familiares ,desfilará pelas ruelas e chegará ao Igreja matriz para a Missa do Reinado, às 9h.

Após, a festa invadirá as ruas com a distribuição de balas e apresentações das bandas de congados. Às 15h, acontecem a Missa e a escolha do novo festeiro. A celebração vai contar com a participação do Coral da Basílica do Sagrado Coração de Jesus, de Lafaiete, e da Corporação Musical São José, de Joselândia. Em seguida, às 15h, os romeiros e devotos participam da procissão do divino, na chegada benção do Santíssimo Sacramento.

À noite, para fechar com chave de ouro, o cantor Fabiano Vieira sobe ao palco às 20h para embalar o público com o melhor do sertanejo universitário.

Leia mais:

Fé e devoção de um povo: Lamim celebra 308 anos de devoção ao Divino Espírito Santo; festa termina hoje com escolha do novo festeiro

Lamim: Festa do Divino expressa a religiosidade, a tradição e a cultura de um povo

Fé e devoção de um povo: Lamim encerra a tradicional e histórica Festa do Divino

Facebooktwittergoogle_plusFacebooktwittergoogle_plus

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *